Resenha: Alguém Para Amar - Série Westcott Livro 1 Mary Balogh

Título: Alguém Para Amar - Série Westcott #1
Autora: Mary Balogh
Editora: Charme
Páginas: 420
Compre: Aqui


Humphrey Westcott, o conde de Riverdale, acaba de morrer, deixando uma fortuna e um segredo escandaloso que transformará para sempre a vida de todos em sua família, incluindo a filha que ninguém sabia que ele tinha… Anna Snow cresceu em um orfanato em Bath, sem nada saber de sua família de origem. Quando descobre que o falecido conde de Riverdale era seu pai, ela herda sua fortuna e também fica muito feliz em saber que tem irmãos. No entanto, eles não aceitam suas tentativas de dividir sua nova riqueza. Só que o guardião do novo conde está interessado em Anna... Avery Archer, o duque de Netherby, sempre manteve os outros à distância, mas algo o leva a ajudar Anna em sua transição de órfã à dama. Com a sociedade londrina e os parentes recém-descobertos de Anna ameaçando subjugá-la, Avery intervém para resgatá-la, mas se vê vulnerável a sentimentos e desejos que ele havia mantido escondidos muito bem, por muito tempo.



 





Olá, leitores!
Fazia um tempinho que não lia nada da Mary Balogh e quando eu vi esse lançamento da Editora Charme fiquei doida para ler. Amo romances de época e Mary mais uma vez voltou para a minha estante.

O livro vai contar a história de Anna que é uma mocinha órfã. Anna viveu no orfanato a sua vida inteira e sua vida vira de cabeça para baixo quando ela descobre de onde veio e que também é a herdeira de um nobre que acabou de falecer. 

Anna quando chega ao seio de sua família não será tão bem vista e terá também que se adequar a sociedade londrina. Ela vai contar com uma ajuda muito especial, que é o do Duque Avery Archer.

Você deve tá se perguntando o porquê dei 3 estrelas se gosto tanto de romances de época. Calma que já vou te explicar o por quê.

Primeiro foram os muitos personagens apresentados. Por ser o primeiro livro é compreensível, mas mesmo assim fiquei muito perdida com tantos personagens. Não entendia quem era primo, quem era tia, eita família grande.




Segundo que achei a história um tanto como arrastada. Amo detalhes dos romances de época, mas por vezes só queria que a história andasse e a autora ainda estava presa em algum pensamento.

Terceiro é que infelizmente não senti química entre o casal. O casal não me convenceu desde o beijo até o felizes para sempre. E olha que eles dois tinha tudo para ser mais um dos meus personagens favoritos de época.

Mas mesmo com todos esses "poréns" eu quero sim ler os próximos livros da série. Fiquei curiosa com bastantes personagens ali apresentados, mesmo que eu não saiba direito alguns quem é quem.

Alguém Para Amar foi uma leitura que acho que fui com muita sede ao pote. Mesmo com os pontos baixos da leitura que falei, acho que para quem é fã da autora e gosta de um romance de época mais detalhado vai amar. Como eu sempre falo, tem que ler e tirar as suas próprias conclusões. Várias malucas amaram, eu vou ficar na espera do próximo para favoritar.




Um comentário:

  1. Oiie!
    Poxa, que pena que não teve química entre eles. Eu amo romance de época, poder participar de todas as intrigas, descobertas, tradições londrinas.. adoro.
    Beijos

    Quanto Mais Livros Melhor

    ResponderExcluir