Resenha: Em Queda Livre -Ela Achava que Nunca Mais Iria Vê-lo. Mas Ele Está de Volta.- Julie Johnson

Título: Em Queda Livre - Ela Achava que Nunca Mais Iria Vê-lo. Mas Ele Está de Volta.
Autora: Julie Johnson
Editora: Pausa
Páginas: 284
Compre: Aqui


A jovem de 20 anos Brooklyn “Bee” Turner já conhece o luto. Depois de testemunhar o brutal assassinato de sua mãe aos seis anos, Brooklyn cresce mantendo todos à distância. Quando tropeça, literalmente, em Finn Chambers - o vocalista de uma banda local e o homem que atrai todas as mulheres do campus - ela está despreparada para a insistência dele em fazer amizade, e para a perigosa atração que começa a sentir. Porque com Finn, ela sabe que seria mais do que apenas sexo. Mais do que apenas amizade. E talvez até mais do que apenas amor. Quando uma presença sinistra do seu passado ressurge, Brooklyn é levada ao limite. Pela primeira vez em quinze anos, ela irá confrontar sua tristeza e suas memórias, enquanto joga um jogo mortal de gato e rato com um inimigo inesperado.





Resenha: Chorar de Alegria - Carol Stuart, Fernanda Gayo, Jéssica Barros, Lorena Pimenta e Maysa Muniz

Título: Chorar de Alegria
Autoras: Carol Stuart, Fernanda Gayo, Jéssica Barros, Lorena Pimenta e Maysa Muniz
Editora: Globo Alt
Páginas: 304
Compre: Aqui


“Nós somos uma multidão que se fortalece. e, um dia, ainda vamos rir de tristeza e chorar de alegria.” Este livro é pra quem é à flor da pele. É pra quem sente demais e, por isso mesmo, sabe que a vida nem sempre é justa com quem leva o coração no bolso. Em uma coletânea de textos poéticos, as autoras Lorena Pimenta, Carol Stuart, Fernanda Gayo, Jéssica Barros e Maysa Muniz abusam do poder incomparável das palavras, ora ferindo, ora curando os leitores com narrativas pessoais que abrem a porta para reflexões universais. Mais que isso, Chorar de alegria explora as muitas nuances dos complexos relacionamentos humanos e do que significa ser mulher no cenário atual. Com as poéticas ilustrações de Brunna Mancuso, este livro é uma mensagem de esperança – a esperança de que, se a vida nos der motivos pra chorar, que seja de alegria.





Resenha: To Love Jason Thorn - Ella Maise

Título: To Love Jason Thorn
Autora: Ella Maise
Editora: Charme
Páginas: 344
Compre: Aqui



Jason Thorn… O amigo de infância do meu irmão. Ah, como eu era perdidamente apaixonada por aquele garoto. Ele foi o primeiro menino que me fez corar, meu primeiro crush oficial. Parece lindo até agora, certo? Aquela empolgação que borbulha dentro de você, o famoso frio na barriga que você sente pela primeira vez ─ ele era o motivo de tudo isso. Mas você só consegue viver nesse mundo de conto de fadas até eles destruírem suas esperanças e sonhos e, depois, pisarem bastante em seu coração. E, cara, ele partiu meu coraçãozinho em pedaços. Depois da destruição, ele se tornou o garoto que eu tentava ao máximo ficar longe ─ e deixe-me te dizer que era bem difícil fazer isso, já que ele dormia no quarto ao lado do meu. Quando a tragédia atingiu sua família, eles se mudaram para longe, e eu estava pronta para esquecer que ele um dia existiu. Agora, ele é um astro de cinema, aquele que faz mulheres de todas as idades gritarem histericamente e todo mundo desmaiar com o sorrisinho de covinha. Acha que isso é um sonho? Com certeza eu não acho que seja. E se eu ficar cara a cara com ele? Não, continua não sendo um sonho. Não quando não consigo nem olhar em seus olhos. E quanto a mim? Eu sou Olive, uma nova escritora. Na verdade, eu sou a autora do livro que inspirou o filme que ele está prestes a estrelar. Como se não bastasse, também sou conhecida como a sortuda que está prestes a se tornar esposa de Jason Thorn. Talvez você ainda esteja pensando que isso tudo é um sonho, certo? Não, não tem nada de sonhador nisso. Nem de perto. 


Laçamentos Universo dos Livros - Setembro

Olá, leitores!
Hoje trago para vocês os lançamentos da editora Universo dos livros e ostentar o nosso selo de parceria.
Tem lançamentos para todos os gostos. Vamos lá conferir.



Resenha: Holocausto Brasileiro - Vida, Genocídio e 60 Mil Mortes No Maior Hospício do Brasil - Daniela Arbex

Título: Holocausto Brasileiro - Vida, Genocídio e 60 Mil Mortes No Maior Hospício do Brasil 
Autora: Daniela Arbex
Editora: Geração Editorial
Páginas: 276
Compre: Aqui


Durante décadas, milhares de pacientes foram internados à força, sem diagnóstico de doença mental, num enorme hospício na cidade de Barbacena, em Minas Gerais. Ali foram torturados, violentados e mortos sem que ninguém se importasse com seu destino. Eram apenas epilépticos, alcoólatras, homossexuais, prostitutas, meninas grávidas pelos patrões, mulheres confinadas pelos maridos, moças que haviam perdido a virgindade antes do casamento. Ninguém ouvia seus gritos. Jornalistas famosos, nos anos 60 e 70, fizeram reportagens denunciando os maus tratos. Nenhum deles ― como faz agora Daniela Arbex ― conseguiu contar a história completa. O que se praticou no Hospício de Barbacena foi um genocídio, com 60 mil mortes. Um holocausto praticado pelo Estado, com a conivência de médicos, funcionários e da população.



Resenha: Daqui pra Baixo - Jason Reynolds


Título: Daqui pra Baixo
Autor: Jason Reynolds
Editora: Intrínseca
Páginas: 320
Compre: Aqui

Will perdeu o irmão para a violência. Agora, precisa enfrentar sua realidade e descobrir se a vingança é capaz de aplacar sua dor.
Aos 15 anos, Will conhece intimamente a violência. Ela está à espreita no dia a dia de seu bairro, nos avisos para que não volte tarde para casa, nos sussurros dos vizinhos sobre mais uma pessoa que foi morta. Dessa vez, os sussurros são sobre seu irmão mais velho. Shawn foi assassinado na rua onde a família mora.
Contado do ponto de vista de Will, Daqui pra Baixo é uma narrativa ágil que se passa em pouco mais de um minuto — o tempo que o elevador do prédio leva para chegar ao térreo. Esse é o tempo que Will tem para descobrir se vai seguir as regras de sua comunidade ou se é possível não perpetuar o ciclo de violência.
A regra número 1 é não chorar. A número 2, nunca dedurar alguém. A terceira, a crucial: se fazem algo com você ou com os seus, é preciso se vingar. A curta trajetória do elevador é ritmada pelas paradas em cada andar e por aqueles que aos poucos ocupam a cabine e os pensamentos de Will. Cada rosto tem uma história de vida e de morte. Will, em questão de segundos, vai definir a dele.
Originalmente escrito em prosa, depois em verso, Daqui Pra Baixo faz a emoção — a confusão, a revolta, o medo — de um garoto armado que sai para vingar o irmão crescer também no peito de quem lê. Um livro impossível de ignorar.