Resenha: Eu Sou Eric Zimmerman - Spin-off da Série Peça-me o que Quiser - Volume 1 - Megan Maxwell

Título: Eu Sou Eric Zimmerman - Spin-off da Série Peça-me o que Quiser - Volume 1
Autora: Megan Maxwell 
Editora: Essência 
Páginas: 464
Compre: Aqui



Meu nome é Eric Zimmerman e eu sou um poderoso empresário alemão. Sou conhecido por ser um homem frio e impessoal, que gosta de sexo sem amor e sem compromisso.
Em uma as minhas viagens à Espanha, conheci a jovem Judith Flores. Ela me fez rir, me fez cantar, até me fez dançar, e eu não estava acostumado com nada isso. Quando percebi que estava sentindo mais do que deveria, achei que era hora de me afastar. Mas acabei voltando. Essa mulher me atraía como um ímã.

Nosso relacionamento foi desde o início marcado por altas doses de fantasia e erotismo, e eu queria ensinar Judith a curtir o sexo de uma maneira que nunca ela nunca havia imaginado. E você? Se atreveria a descobrir o lado submisso, dominante e voyeur que existe dentro de todos nós?







Olá leitores! A resenha de hoje é para leitores que são maiores de 18 anos, vacinados, que não são cardíacos, que gostem de leitura que quebrem tabus e o mais importante: QUE AMEM ROMANCES ERÓTICOS. Digo isso em letras maiúsculas para deixar avisado o leitor para depois não ficar reclamando: Mas tem muito sexo? Tem muito sexo sim, cada capítulo o negócio pega fogo! Já que estão avisados vamos lá começar essa resenha.

"Louras...Morenas...Ruivas...Altas...Baixas...Magras...Cheinhas...Todas... Gosto de todas as mulheres sexualmente ativas. Adoro seus corpos, suas curvas e seu jeito de curtir o sexo e enlouqueço quando se entregam completamente a meus desejos."

Eu Sou Eric Zimmerman é o primeiro volume do spinf-off da série Peça-me o que Quiser, da autora Megan Maxweel, publicado pela editora Essência. Nesse livro vamos entrar na cabeça do personagem mais amado dos últimos anos das leitoras Malucas por Romances, aqui ele só está lado a lado em termos de favorito com o Grey. Eric Zimmerman mostra seu mundo sem tabus e muito erotismo a Judith e vamos poder matar a saudade dessa intensa história de amor.

Se você ainda não leu a série Peça-me o que Quiser deviria providenciar pra ontem, e se já leu assim como eu com certeza estava louca por esse lançamento. Peça-me foi a série que me fez conhecer a autora Megan Maxwell e a partir dai virei fã da autora. Nessa série também foi que me fez abrir os olhos para o que pode ser bom pra mim não é pra você, e vice-versa. Por que se prender a padrões? Eric está fora de todos os padrões e gosta muito das mulheres e de sexo. Nesse livros vamos entrar na mente desse personagem e relembrar as cenas pra lá de quentes dessa série.




Para quem ainda não leu a série a histórica começa com Eric que acaba de herdar a  Muller, empresa que é da família e que passa a ser sua depois da morte de seu pai. Ele tem que ir a Espanha para ver como os negócios anda e dentro do elevador ele conhece Judith, uma espanhola que fala pelos cotovelos e gesticula demais. Judith é completamente o oposto de Eric que é mais frio e impessoal com seus sentimentos. Depois de tanto se encontrem na empresa ele pede para sair com o Judi. Ele vai tentar mostrar seu mundo de sexo sem barreiras para Jud, a primeiro momento ela vai ficar receosa, mas ela não vai conseguir resistir ao charme de Eriz Zimmerman.

"Na frente de todos sou frio e distante, mas a verdade é que na intimidade sei que posso ficar vulnerável." 

Chama o bombeiro, chama a SAMU, que eu não to bem! Se na visão de Judi a história já era quente, imagina então na versão do Eric. Já nas primeiras páginas a autora mostra para o que veio, e foi para colocar mais fogo no parquinho. Quem ainda não leu a série e se por acaso começar por esse livro vai ver logo nas primeiras páginas o que te espera. Bom que se gostar continua, se não é só por ai que é dai pra pior, é cada página mais quente que a outra. Nesse livro a autora não tem limites, quando pensa que não pode inovar ela vai lá e coloca um cena mais quente que a anterior.

Eric na versão dele vai fazer derreter corações, mas também vai te fazer passar muita raiva. Tinha esquecido como ele era babaca como a própria Judi diz. Eric Zimmerman está tão acostumado com as mulheres correndo atrás dele e não ao contrário. Então ele vai fazer muita merda, e toda vez que ele manda Jud embora você vai ver o que ele estava pensando e vai querer pegar o Iceman no colo.

Jud como sempre espevitada e que não vai se calar na frente de Eric. Nessa versão vemos como Jud é engraçada e todo o amor que Eric sente por ela. Você também se lembra porque queria entrar no livro e querer dar uns tapas nela quando leu a série peça-me. Jud sempre perdoa o Eric e quando ela bate o pé realmente o leitor vibra. Um caso de amor e ódio com essa personagem aqui rsrs.

"Todo mundo tem seu lado voyeur. O fato de olhar algo supostamente proibido ou excitante nos encanta, nos estimula e nos faz querer mais."

Os personagens secundários que tanto amamos volta nesse livro e claro que me derreti mais uma vez pelo Bjorn amigo de Eric. Quando os três e juntam o negócio pega fogo, tanto que Bjorn também tem seu livro. Outros personagens aparecem na história, já que esses dois gostam de umas brincadeiras com 3, 4, 5 pessoas haha.



Eu adorei reviver essa história, adorei reler um dos meus primeiros romances eróticos e lembrar dessa série que tanto amo. Mas como nem tudo são flores vou falar o que não gostei aqui na história e que não podia de deixar de contar para vocês. Primeiro que eu achei um erro a autora tentar enfiar quase 3 livros em um só, com isso a autora atropelou as falas da Jud. Eric muitas vezes na briga diz que ela xingou, esbravejou, mas só isso. Meu segundo ponto negativo foi ás vezes que os personagens falaram CARALHO. Não existia outro xingamento na história. Terminei a leitura com essa palavra na cabeça, foram tantas vezes que perdi a conta. Fora isso eu amei a história, viciante e a cada página lida relembrei porque gosto tanto de Etic Zimmerman.

Adorei que a editora manteve a capa lá de fora, achei linda. O livro é todo contanto em primeira pessoa pelo nosso querido Eric, detalhando as cenas mais picantes e todo seu amor e duvidas por Judith. Ao final tem a playlist da história, então se gosta de ouvir música vai adorar. A história termina no começo do livro três da série e não vejo a hora de ler. Eric é intenso e você vai se ver enredada em cada página nessa linda história de amor.

"Já estive entre as pernas de centenas de mulheres em busca de prazer.Já ofereci e me ofereceram centenas de mulheres, mas o que estou vivendo nesse instante com ela é nova, mágico e especial."

Eu Sou Eric Zimmerman cumpriu o seu papel que foi dar voz ao Alemão mais querido do mundo literário. Se com a visão de Judith você se apaixonou pela história agora na versão de Eric você vai se encantar em cada página e se apaixonar mais um vez por esse personagem literário. Aproveitem que hoje é o #DiaZ e garanta já o seu nas livrarias ou nas lojas online. Na compra do livro hoje você ganha a carteirinha +Megan, que dá acesso ao conteúdo exclusivo sobre o livro. Para ganhar o brinde clique AQUI Amei, indico e repito: Eu Sou Eric Zimmerman com certeza o melhor livro erótico de 2018.








5 comentários:

  1. Oi, Ana Carolina.

    Ler tudo sob o ponto de vista do Eric, pra mim, vai ser fascinante, assim como entender seus pensamentos e sentimentos, a maneira como ele vai se sentir afetado pela Judith... E em como ele vai encarar se relacionar com alguém.

    Enfim, estou com altas expectativas para lê-lo! A série ao todo, é uma das minhas preferidas! 😍

    ResponderExcluir
  2. Oi Ana,
    Curto livros com a perspectiva masculina, eles são sempre mais profundos.
    Não li nenhum da série, mas por esse estou curiosa, só me incomodou um pouco saber como o protagonista tem um lado machista, mas é algo que já espero em romances hots.
    Imagino que as cenas sensuais são daquelas de tirar o fôlego, e o mocinho então... Nos faz passar raiva, mas amamos, rs.
    Já está nos desejados.
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Percebi que todo mundo já conhecia o Eric, menos eu rsrsrs. Não li nenhum livro da série nem nunca tinha ouvido falar por que não gosto mesmo de romances hot. Mas sua resenha foi muito convincente e talvez me atreva. Bjus.

    ResponderExcluir
  4. Olá,Ana!! Tudo bem? Eu acho que sou a única que ainda não leu a série 'Peça-me o que quiser',sério ouvi falar dessa série ano passado mas, eu pensei que era um romance mais amorzinho,clichê. Mas parece que me enganei e muito,estou entrando agora nesse mundo do romance erótico-como disse na outra resenha- e um novo lado do romance que, pra te falar a verdade, estou gostando muito. Mas eu ainda prefiro um romance mais sensual onde o autor não aprofunde tanto na intimidade do casal,e sem falar que a estória contada pelo ponto de vista masculino é mais intensa que a da mulher pois o homem é mais orgulhoso nesse aspecto e ele se acha na obrigação de fazer tudo na mais perfeita ordem.

    ResponderExcluir
  5. Oi!
    Conheci o livro esses dias, estou doida pra ler e conhecer a história, ainda que alguns comentários digam que é uma história clichê eu tenho mto interesse em ler, ainda mais por curtir tanto o gênero.
    Bjs!

    ResponderExcluir