Resenha: The Player - Série The Player #1 - K. Bromberg

Título: The Player - Série The Player #1
Autora: K. Bromberg
Páginas: 300
Compre o e-book em Inglês: Aqui
*Livro não publicado no Brasil



O Basebol nunca foi tão sexy como neste novo romance da Bestselling do New York Times, a autora K. Bromberg.
Easton Wylder é a realeza do basebol. O jogo é a sua vida. Sua paixão. É tudo para ele.
Então, quando uma lesão ameaça acabar com a temporada de Easton, a equipe chama o famoso fisioterapeuta Doc Dalton para supervisionar sua recuperação. Exceto que não é Doc quem cumprimenta Easton em sua primeira sessão, mas sim sua filha Scout. Ela pode ser mal humorada, atlética, desafiadora e deslumbrante, mas Easton se questiona se ela tem o que é preciso para ajudá-lo.
Scout Dalton está disposta a provar que uma mulher pode lidar com a pressão de administrar a rotina de fisioterapia de um clube MLB1. E essa prova vem na forma de fazer com que o fenômeno Easton Wylder retorne ao campo. Para ele recuperar sua forma ela precisará colocar a mão na massa.
E com um homem tão irresistível quanto Easton, colocar a mão na massa só pode levar a uma coisa, problemas. Porque quanto mais o toca, mais ela o quer, e Scout não pode o querer. Não quando é seu trabalho e interesse do clube que Easton se recupere e esteja pronto para o jogo.
Mas quando as faíscas voam e linhas são cruzadas, eles podem suportar o calor ou um deles será obrigado a se queimar?






Olá, leitores!
Já tem um tempinho que não solto uma resenha internacional aqui para vocês e quero pedir desculpas por isso. Querendo sair da rotina peguei um livro que não tinha obrigação nenhuma de resenhar para ver se me dava um pique nas leituras, e não é que deu certo! Confesso que comecei o livro por causa da capa pra no final virar um dos meus favoritos. Ficou curiosa? Vem comigo nessa resenha que te conto tudo.
"É preciso ser uma mulher morta para não ser afetada por ele."
The Player é o primeiro livro da série The Player, da autora K. Bromberg, lançado lá fora em 2017. Infelizmente o livro não é lançado aqui no Brasil, coisa que já quero muito. Alô editoras, se quiser um livro hot na medida certa, com dramas familiares e um jogador bem sexy fica aqui minha dica. Enquanto não lançam deixa eu te contar porque devem lançar esse livro babado.

O livro começa com Scoult Dalton sendo a nova fisioterapeuta do astro do beisebol Esaton Wylder. Ela foi contratada para ajuda na recuperação dele depois que Easton teve uma lesão grave no ombro. O primeiro encontro vai ser hilário com Easton pensando que ela é uma garota de programa contratada pelos seus amigos de time para trolar ele. Mas ele estava engando, Scoult é sua nova fisioterapeuta e que não vai pegar leve com ele. Easton vai pesar que além de ser sua nova fisioterapeuta ela é linda, e que a atração entre eles não vai ter como negar. Mas nem Scult nem Easton podem deixar esse relacionamento vir a tona, primeiro que Scult está sobre contrato e segundo que Scult e Easton tem muitos dramas familiares acontecendo. Eles vão tentar negar o que sente um pelo outro, será que vai dar certo?


Meu senhor Jesus, alguém chama o bombeiro que estou em chamas. Eastons senhoras e senhores vai se tornar um dos seus mocinhos favoritos logo nas primeiras páginas. O cara manja dos paranaue e vai saber provocar você leitora como ninguém. Se pudesse dar um troféu para um livro com certeza The Player teria o troféu de melhores cenas eróticas do ano. O babado é fortíssimo e se fosse vocês iam ler logo essa história.

Scoult é uma fisioterapeuta no meio de tantos homens e tem que a todo momento mostrar o seu valor. Além de ser uma mulher nos meios de jogadores o pai dela é conhecido por ser o melhor na sua área. Scoult está nessa profissão por causa de algo que aconteceu e que você vai ficar sando durante a história. Scuklt se faz de durona, mas é só Easton ri que ela se derrete e não só ela, você leitora também.

"Eu nunca sou o que alguém espera. É uma benção e uma maldição."

Easton, vulgo amor da minha vida é aquele mocinho que você vai se apaixonar logo de cara. Além ser arrogante, lindo ele tem um coração enorme. Durante a leitura você também vai ficar sabendo do porque ele se cobrar tanto no trabalho e mais de seus dramas. Easton meu mais novo mocinho jogador favorito da vida.

Os personagens secundários aparecem para dar mais drama na vida do casal e não vai ser nada fácil os dilemas deles. O riso vai ficar por conta dos amigos jogadores de Easton. Apesar de ter personagens secundários o livro foca no casal e não fica aquela enrolação. The Player é aquele leitura que você ler em algumas horas e cada beijo do casal vai te fazer querer agarrar seu livro de tão feliz que você vai ficar rsrs.



A capa como eu já disse foi o que mais me chamou atenção na história, não resisto um tanquinho na capa e não sei porque as leitoras não gostam de capa assim, eu adoro. O livro é contado por Easton e Scutlt e adoro quando a história é assim. As cenas eróticas são perfeitas e vai fazer o leitor um pouco vermelho. Prepare o ventilador que as coisas esquentam minha gente.

Não posso terminar a resenha antes de avisar que o final você vai querer o livro dois imediatamente. Terminei esse livro e fiquei meia hora olhando por nada querendo ler o próximo. Se eu fosse vocês já ler um com outro em mãos. Quem avisa amigo é! A autora tem a série Driven que está sendo publicada pela Universo dos livros. Depois de ler esse livro vou correndo garantir os livros e me apaixonar por mais um personagem dessa autora que já se tornou umas das minhas favoritas.

"Ele é o jogador que pode me dar o que preciso para cumprir os desejos do meu pai. E ele é o homem que invadiu meus pensamentos e fixou residência lá."

The Player me tirou do limbo de onde eu não conseguia engatar nenhuma leitura e se tornou um dos meus livros  favoritos. Indico para você que gosta de um bom romance erótico, com um jogador que vai roubar seu coração logo nas primeiras páginas. Torço muito para que o livro venha aqui para o Brasil e outros da autora, com certeza todas as malucas por romances iam amar. De um livro passa tempo a favorito em horas. Leitura mais que recomendada.



7 comentários:

  1. Oi, Ana!
    Eu adoro um clichê assim, já li vários livros com o mesmo teor mas sempre me apaixono pelos personagens e a trama toda. Uma pena que ainda não tenham lançado aqui, tomara que alguma editora resolva lançar.
    Beijos
    http://www.suddenlythings.com/

    ResponderExcluir
  2. Oi, Ana Carolina.

    Pelo jeito, foi irresistível controlar essa crescente atração entre eles e se manterem profissionais e longe um do outro.

    Tenho certeza que é muito importante para a Scoult provar a sua capacidade como mulher em sua área profissional.

    ResponderExcluir
  3. Oi,Ana!!! Sou fanática por romances assim,onde a atração entre os protagonistas é irresistível. Gosto das mocinhas que se fazem de duronas, mas na verdade por trás da carranca são gatinhos querendo um pouco de carinho e serem compreendidas,além de alguém que as faça sorrir como nunca antes. E também para eles deve ser difícil tentar negar seus sentimentos por conta de serem quem são,onde todos cobram muito. E convenhamos que ter um boy que além de lindo,tem um bom coração é pra qualquer uma se apaixonar... Abraços

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    Adorei essa capa Ana, ela chama atenção msm, eu não conhecia o livro até então, parece ser bom, espero conseguir ler a série em breve.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  5. Oi Ana,
    Vindo de você essa indicação já tenho certeza de que será uma história mega sensual, envolvendo uma fisioterapeuta é um atleta, huuum, já fico imaginando, rsrs. Nem cola mais que esse é seu mocinho favorito, isso é só até surgir o próximo, olha a piriguete literária aí kkk
    Quero mto ler, e assim como você já me encantei com a capa, que uau, faz as leitoras ficarem babando! Espero que lancem por aqui.
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Não gosto muito desses romances que encosta já dá tesão. Gosto de livros com esporte, mas sem esse cliche de filme sessão da tarde. Assim mesmo gostei da capa.

    ResponderExcluir
  7. Gente, aonde encontro esse livro?

    ResponderExcluir