Resenha: Priest - Sierra Simone + Book Trailer





Título: Priest 
Autora: Sierra Simone



Sinopse

Existem muitas regras que um padre não pode quebrar. Um padre não pode casar. Um padre não pode abandonar seu
rebanho. Um padre não pode abandonar seu Deus. Eu sempre fui bom em seguir regras.
Até que ela veio.
Meu nome é Tyler Anselm Bell. Eu tenho 29 anos de idade. Seis meses atrás, eu quebrei meu voto de celibato no altar da minha própria igreja, e Deus me ajude, eu faria novamente.
Eu sou um padre e esta é a minha confissão.







Tyler (Padre)  - Um homem que teve a vida transformada após um drama familiar, que de um homem ativamente sexual virou um Padre, na minha opinião ele teve uma atitude precipitada o que acabou fazendo ele tomar algumas atitudes


"Os padres não eram autorizados a se apaixonar.

Eu não tinha permissão para me apaixonar."

Poppy - Uma mulher totalmente sexual, gosta de sexo, pensa em sexo, vive no mundo do sexo, ela não tem drama nenhum, pelo contrário é a verdadeira filhinha mimada que de uma hora pra outra decide que vai viver a vida dela sem depender dos pais.



"Eu adorava ser capaz de os deixar duros"

Quando comecei essa leitura já sabia que teria muitas cenas hot e que seria polêmico, por isso a minha sugestão é, quando for ler o livro esqueça toda e qualquer tipo de religião e/ou se você é totalmente religioso não leia ou vai odiar esse livro.



"Poderia ser um voto não todo o caminho quebrado? Poderia ser um pecado não todo o caminho cometido?"

O livro foi muito bem escrito, e o melhor foi escrito no ponto de vista de Padre, o que deixou o livro em alguns momentos até engraçado.
O livro aborda a história de homem q teve um grande "baque" na família e após isso sentiu a "mão" de DEUS e decidiu se tornar Padre, porém algo mudou quando Poppy entra no seu confessionário, e começa sua confissão, Poppy ela é totalmente "mundana" e sua confissões são detalhes de sua vida sexual, ela conta o que ela faz ou fez e é claro que Padre acima de tudo é homem então dá para imaginar como ele fica com tantos detalhes.



"Porra, o que havia de errado comigo? Por que eu não poderia manter qualquer interação com ela normal e bem longe das implicações sexuais?"

 Só que é nesse momento que o livro cria vida e as coisas começam a mudar, eles ambos se sentem atraído, e isso faz tudo pegar fogo.
É um livro polêmico, não entrou para os meus preferidos, pois a parte religiosa passou longe e muitas vezes achei o livro só teve toda essa polêmica pelo fato de ser com alguém proibido q no caso foi o padre, POIS PRA MIM FOI UM LIVRO HOT COMO QUALQUER OUTRO.



"Porque isso me excita também e já tinha passado tanto tempo desde que eu tinha tido uma mulher gemendo sob o meu toque..."

Em alguns momentos acho que a autora exagerou sim e acabou desrespeitando a religião, mas pelo que percebi a autora queria polêmica e ela conseguiu.
O final do livro eu não gostei, achei que poderia ter tido um drama a mais, principalmente pela a vocação do personagem principal.
Não acreditei no amor deles, achei que foi tudo muito carnal e pouco amor.


"Amor. A palavra era uma bomba. Uma bomba que explodiu dentro do meu peito"

É um livro aos extremos que muitos amam ou odeiam .
Para quem ama hot é perfeito, mas se você não gosta, pode fugir como o Diabo foge da Cruz
Porque após ler esse livro posso garantir , que todos serão pecadores, e o inferno não é tão quente como esse livro.







5 comentários:

  1. Concordei muito com a sua resenha Raquel, principalmente no que se refere a intenção da autora em usar objetos sagrados: criar polêmica e ela atingiu em cheio. Amei

    ResponderExcluir
  2. Concordei muito com a sua resenha Raquel, principalmente no que se refere a intenção da autora em usar objetos sagrados: criar polêmica e ela atingiu em cheio. Amei

    ResponderExcluir
  3. Sabe me dizer se foi lançado por alguma editora aqui no Brasil??
    Amando seu blog
    bjos, bjokas...

    ResponderExcluir