Resenha: Echo - Seven Rue

Título: Echo 
Autora: Seven Rue 
Livro Não Publicado No Brasil
Páginas: 272

 

Echo

Ninguém estaria procurando por mim. Ou assim pensei.

Eu fugi do homem vil com quem minha mãe me deixou, na esperança de recomeçar em uma cidade diferente. Mas nas profundezas do deserto do Alasca, para onde escolhi fugir, não havia um lugar onde pudesse me estabelecer.

Depois de dias perdida, encontrei abrigo em uma cabana, longe da civilização.

Até que um dia, eles chegaram.

Três irmãos, um mais forte e mais complexo que o outro. Eles me deixaram ficar, e quanto mais tempo passava, mais próxima ficava de cada um deles.

Logo percebi que os três tinham um efeito sobre mim, e eu não podia negar os sentimentos que sentia quando estava perto deles. 

Nosso vínculo ficou forte, e antes de deixar a cabana para ir para casa com eles, eles me prometeram me manter segura para sempre.

Mas quando as duas pessoas que eu queria deixar para trás vieram me procurar, prometendo-me ser uma família novamente, eu tinha que decidir se queria passar o resto da minha vida com eles ou com os três homens que cuidaram de mim.

Este é um romance de harém reverso com diferença de idade de até dezenove anos.


"As palavras não eram necessárias e nossos olhos bastavam para dizer o quanto nosso coração batia um pelo outro."

Essa é a primeira resenha que faço de um livro Harem Reverso, e por mais que eu leia esse sub gênero algum tempo, sempre tive um pouco de preguiça de fazer resenha, mas vamos lá.

Nesse livro vamos conhecer Echo, uma garota de 18 anos que fugiu de um lar abusivo, onde seu padrasto frequentemente batia nela. Cansada de viver assim ela decide fugir. Echo é muda, ela ainda na infância teve um problema em suas cordas vocais, porém ela escuta muito bem.

"Temos que ser gentis com ela. Pelo menos no começo, " Nordin acrescentou, mas eu não queria que eles fossem gentis..."



Durante sua fuga ela se perde nas montanhas, e após  muitas horas de caminhada ela encontra uma cabana e decide se abrigar nele, ficando lá por alguns dias até os donos aparecerem. Willem, Nordin, Summit são irmãos e todos eles tem mais de 30 anos, eles são caçadores e mesmo morando em um cidade pequena frequentemente eles vão para as montanhas caçar.

Quando eles chegam na cabana e percebem que ela foi invadida eles não se assustam, afinal isso já aconteceu outras vezes, mas o que realmente chocou eles foi Echo. Foi interessante Summit falar a linguagem de sinal, e não foi algo do dia para a noite afinal ele estudou isso na escola. 

"Eu quero você de joelhos na frente dos meus irmãos, e eu quero que você chupe seus dois paus."

Algumas coisas me incomodaram nesse livro e a primeira delas foi a sinopse, por mais que ela e a capa tenham me atraído ela conta demais, e fiquei por diversos capítulos aguardando algo que só aconteceu para o final do livro e que foi resolvido tão rápido que senti que ficou sem graça. Outra coisa foi alguns comentários machistas dos personagens.


A atração entre os personagens é instantânea, mas todos eles lutam contra isso, uns até mais que outros, mas as cenas são quentes e cheias de sedução. Echo é um livro tabu por causa da idade, mas que não me incomodou a forma que essa diferença de idade entre eles foi abordado. O livro é um Harem Reverse, então sim todos esses três homens e essa mulher terão relações sexuais, tanto todos juntos quanto separados, então liguem o ventilador.




Um comentário: