Resenha: Verity - Colleen Hoover

Título: Verity
Autora: Colleen Hoover
Páginas: 397
Compre o E-book em Inglês: Aqui


Lowen Ashleigh é uma escritora com dificuldades à beira da ruína financeira quando aceita a oferta de trabalho de sua vida. Jeremy Crawford, marido da autora de best-sellers Verity Crawford, contratou Lowen para terminar de escrever os livros restantes de uma série de sucesso que sua esposa machucada não consegue terminar.
Lowen chega à casa de Crawford, pronta para analisar os anos de anotações e esboços da Verity, na esperança de encontrar material suficiente para guiá-la. O que Lowen não espera descobrir no escritório caótico, é uma autobiografia inacabada que Verity nunca pretendeu que alguém lesse. Página após página de admissões assustadoras, incluindo a lembrança de Verity sobre o que realmente aconteceu no dia em que sua filha morreu.
Lowen decide manter o manuscrito escondido de Jeremy, sabendo que seu conteúdo devastaria o pai já sofrido. Mas, à medida que os sentimentos de Lowen por Jeremy começam a se intensificar, ela reconhece todas as maneiras que ela poderia se beneficiar se ele lesse as palavras de sua esposa. Afinal de contas, não importa o quão devotado Jeremy seja à sua esposa machucada, uma verdade tão horrível como aquela, tornaria impossível para ele continuar a amá-la





"O que você vai ler vai ter um gosto tão ruim às vezes, que vai querer cuspi-lá, mas você vai engolir essas palavras e elas se tornarão parte de você, parte do seu intestino, e você vai se machucar por causa delas."

Eu realmente nem sei como começar a resenha, que tiro senhoras e senhores. QUE TIRO! Acho que devo começar falando que nunca na vida imaginei ter a oportunidade de ler um ARC da CoHo, quando fiz a solicitação já tinha certeza que eu não ia conseguir, mas na madrugada de terça pra quarta eu li e reli o e-mail avisando que fui selecionada, e realmente só acreditei quando atualizei o Kindle, então muito obrigada pela confiança tanto da autora como a assessoria dela. Agora sem mais puxação de saco vamos falar do livro.

Verity é um livro difícil de resenhar, porque é uma história que qualquer spoiler pode fazer o encanto acabar, então vou fazer uma resenha breve pra isso não acontecer. Recomendo que não leiam spoiler e a recomendação mais importante, leiam até o final.

"Somos capazes de separar a realidade da ficção de tal forma que parece que vivemos em dois mundos, mas nunca os dois mundos ao mesmo tempo..."

Lowen é uma escritora com dificuldades não só financeiras, mas também de confiança em seus livros e de interagir com outras pessoas. Após o falecimento da sua mãe ela se encontra sozinha e cheia de dívidas, é quando decide aceitar o trabalho de ser co-autora de Verity Crawford, autora de uma série best seller, que se encontra doente sem poder dar continuidade a série. Esse serviço vai mudar a vida dela de todas as maneiras possíveis.

Jeremy é um pai amoroso, esposo dedicado, que se vê totalmente perdido após a recente morte de sua filha, e além disso ainda precisa manter a sanidade com uma esposa doente em casa para o bem do seu outro filho. A ideia do co-autor foi dele, só que ele não imaginava tudo que estava pra acontecer.

Lowen durante o período que foi contratada vai até a casa de Jeremy em busca de encontrar anotações que possam ajudar ela na escrita dessa série, já que a ajuda de Verity é impossível. E enquanto ela faz isso ela encontra um manuscrito auto biográfico de Verity, o que muda toda a vida dela e pode também destruir a vida de Jeremy.



Nesse período a atração entre eles se torna inevitável e as dúvidas que começam a surgir também. Nessa trama de suspense e romance a Colleen cria uma história única com detalhes surpreendentes e chocantes. Durante toda a leitura eu fiquei em conflito em relação aos meus sentimentos com os personagens, infelizmente não senti amor entre Lowen e Jeremy e acredito que realmente esse não foi o foco do livro, o que sempre me deixou mais intrigada foi Verity.

CoHo conseguiu colocar um livro dentro de outro livro, então enquanto Lowen lia o manuscrito de Verity, a gente também embarcava em uma outra história, e lê essa história me fez ter diversos sentimentos e nenhum deles foi positivo. O livro foi todo escrito em primeira pessoa pelo ponto de vista de Lowen, alternando nas partes do manuscrito onde tínhamos o ponto de vista de Verity, a capa foi um caso de amor a parte.

"Se sou capaz de fazer algo tão perturbador, o que mais sou capaz de fazer? "

Esse livro foi o primeiro thriller da Coho e espero que não seja o último, ela conseguiu me surpreender principalmente com o final. Sabe quando você odeia tanto um personagem, pra no final ficar na dúvida se continua odiando? Foi exatamente isso que ela fez, ela jogou no seu colo a bomba e saiu de fininho kkkk.

Eu acredito por ser o primeiro livro nesse estilo a CoHo foi ótima, conseguiu dosar bem o suspense e acredito que ela pode superar ainda mais num próximo livro (espero que tenha). A escrita dela é sempre fluída, e mesmo eu não amando todos os livros dela nunca fui capaz de abandonar nenhum, justamente pela forma que ela escreve te prende na leitura.

"Encontre o que você ama e deixe-o te matar " - Charles Bukowski

Eu realmente ainda não sei o que pensar desse livro, o final ainda tá na minha cabeça assim como todo o resto da história, ela conseguiu jogar direitinho comigo e eu adorei isso. Acredito que muita gente abandone a história, pela forma que ela conduz e descreve alguns temas e situações, minha dica é que não abandone, por mais que seja impactante, acredito que o final vai te surpreender.

Mais um livro da Colleen pra minha listinha e com a graça não foi um livro ranço. Infelizmente até o momento não temos nenhuma notícia sobre a publicação desse livro, mas vamos torcer aí pra que ele venha pro Brasil. Disse que ia ser breve e acabei me estendendo, então antes que eu fale demais vou parar por aqui.

Verity é um livro que prova que Colleen Hoover pode escrever qualquer estilo e surpreender em todos eles. Uma história capaz de fazer você duvidar até de você mesmo, e se perguntar o que foi que você perdeu. Vale a pena conferir.


"Estou desesperada por ele."


10 comentários:

  1. Ai gente!
    Eu amo CoHo, mas não sou fã de thriller, então é um impasse aqui.
    Fico muito feliz pela sua reação, e pelo visto CoHo vai me fazer ler algo mais psicológico.
    E obrigada por avisar, vou passar longe dos spoilers.

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Esse livro mexeu com a minha psique de tão bom que ele é






    Thatsmaspot.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. romance tem que ter um admirador tambem

    ResponderExcluir