Resenha: O Jogador - Vi Keeland

Título: O Jogador
Autora: Vi Keeland 
Editora: Charme
Compre: Aqui


Na primeira vez que encontrei Brody Easton ele estava no vestiário masculino. Foi a minha primeira entrevista como jornalista esportiva profissional. O famoso quarterback decidiu me mostrar tudo. E, por tudo, não quero dizer que ele me disse algum de seus segredos. Não. O idiota arrogante decidiu deixar cair a toalha quando fiz a primeira pergunta. Na frente da câmera. E o famoso ganhador do Super Bowl rapidamente adotou um novo hobby: me provocar.
Quando o afastei, ele desistiu de só me provocar e resolveu que queria transar comigo. Mas eu não saio com jogadores. E não é porque sou uma das poucas mulheres que trabalham no mundo do futebol profissional. Eu posso namorar um jogador. É outro tipo de jogador que eu não namoro. Você conhece o tipo: boa aparência, forte, arrogante, sempre querendo ficar com alguém.
Brody Easton era um verdadeiro jogador. Toda mulher queria ser a que iria mudá-lo. Mas a verdade era que tudo que ele precisava era de uma garota por quem valesse a pena mudar.
De repente, eu era essa garota.
Simples, certo?
Vamos encarar, nunca é.
Há uma história entre o era uma vez e o viveram felizes para sempre...
E esta é a nossa





Oie gente! Hoje vou falar desse livro que só pela capa você já sabe para  o que veio. E para que veio senhoras e senhores? Para nos deixar babando, sonhando por um personagem literário que você sabe que não existe, mas que mesmo assim você queria que fosse real. Com uma capa de arrasar e Vi Keeland como a autora não tive dúvidas e pedi o livro para leitura. Já deu pra notar que gostei da capa, né? Mas acho que foi mais que isso, foi amor a primeira vista haha.

"Eu me sentia no topo de uma montanha-russa prestes a descer uma colina íngreme... só que esse sentimento ansioso e animado não estava no meu estômago, mas na minha calcinha. E só crescia." 
 O Jogador é um livro é da autora Vi Keeland famosa aqui no Brasil pela série MMA lançado também pela editora Charme. Ouso dizer que esse livro está melhor que a série. Não me leve a mal, adoro a série, mas esse livro com certeza me tirou do eixo, me fez suspirar de dar boas gargalhas. Acho que vocês vão gostar dessa resenha rsrs.

O livro como o próprio título diz tem como personagem principal um jogador. O livro começa com Delilah indo entrevistar jogadores de futebol americano no vestuário masculino. Como é sua primeira entrevista ela está super nervosa e ela vai entrevistar nada mais nada menos o Brody Easton, um astro de futebol americano. Logo que se conhecem a atração fica evidente e Brody vai provocar Delilah até conseguir o que ele quer, que é ela em sua cama. Só que Dalilah não sai com jogadores, tem medo de se entregar e também sabe que Brody não quer nada sério. Só que depois de tanto recusar vai ter uma hora que ela acaba sedendo. Será que Dalilah será a mulher que vai mudar esse astro de futebol? Um livro divertido, mas que também que me fez ficar com o coração na mão.


Delilah é aquele mocinha engraçada, de bem com a vida e que não tem sorte no amor. Ela quer ficar com Brody, mas não quer só mais uma na cama dele. Gostei dela por ser divertida e de não ser uma mocinha cheia de mimis. Ela sofreu no passado e merece ser feliz de novo.

"Às vezes, acreditamos nas coisas não porque sabemos que elas são verdadeiras, mas porque as mentiras são mais fáceis de aceitar."


Brody é um cara lindo, jogador de futebol, rico e tem todas as mulheres aos seus pés. Ao ver Dalilah recusar seus pedidos de encontro ele fica intrigado. Ele é super engraçado e você vai dar boas gargalhadas com ele. Mas será que esse jeito dele não é só uma capa? O passado de Brody também tem seus dramas e vai ser ai que você vai ficar com o coração na mão. Ele vai ter que deixar seu passado para trás para viver esse novo relacionamento e você leitor quando descobrir esse passado, não vai conseguir mais largar essa leitura.


Na verdade o Jogador é uma releitura. Já tinha lido esse livro e amei, e agora relendo foi como se fosse a primeira vez. Torci mais uma vez por casal, sofri, sorri e com certeza suspirei. Brody é aquele mocinho que vai te conquistar logo nas primeiras páginas e no final você vai terminar totalmente apaixonada. Vi Keeland nesse livro mostrou que pode escrever um bom clichê com bons elementos surpresas. Adorei as reviravoltas que o livro deu, e por causa delas não consegui largar o livro até terminar. Li o livro em um dia e terminei com gostinho de quero mais, com certeza a autora foi para as minhas tops 10 de romances eróticos.

"Eu estava totalmente apaixonada por ele. Não havia nenhuma maneira de parar a essa altura. Só tinha esperança de que, quando a queda acabasse, Brody estaria lá para me pegar."


Falando de romances eróticos já deu pra sacar pela capa que esse livro é erótico, não é mesmo? A editora manteve a capa original na qual eu amo e que acho que não poderia ser outra . Quem não gostou muito foi o marido, que quando viu a capa olhou para mim e olhou pra capa umas mil vezes, eu fingi que nem vi kkk. Para as mais recatadas a capa pode ser um problema, mas para você que é maluca por romances com certeza vai babar e se pegar suspirando toda vez que olhar para essa capa maravilhosa (mesmo com marido te olhando feio kkk).

Os personagens secundários são super importantes na história também e não posso deixar de citar Marlene uma velhinha que Brody cuida e de Irene amiga de Delilah. Essas douas foram responsáveis por minhas gargalhadas e por causa de algumas lágrimas. E não posso deixar também de falar do elemento surpresa que chegou no livro para te deixar maluca e apreensiva. Não vou falar quem é para não dar spoiler, mas foi esse elemento surpresa que também agitou toda a história.

O livro é contando em primeira pessoa pelo ponto de vista de Delilah e Brody. As partes de Brody vamos conhecendo porque ele é assim do jeito que é e mais do seu passado. Outro personagem também chega para contar a sua versão, mais não posso falar quem é rsrs. Os capítulos são curtos e terminava um já querendo ler o outro. O final tem um pequeno epílogo para te fazer suspirar. O livro é único, então para quem não gosta de ficar esperando o próximo livro sair esse livro é perfeito.

"Quando ele ama, ele ama mesmo, nada fica em seu caminho."

O Jogador é aquele livro que você vai querer indicar para todas as amigas. Um livro que cumpriu seu papel, que foi de me fazer mais uma vez me apaixonar por mais um personagem literário.  Indico para você que gosta de romances eróticos, com uma pitada de drama e humor.  Cinco estrelas porque a Vi Keeland arrasa. Só digo uma coisa, nunca mais como subway sem lembrar de Brody. Leiam o livro e descubra o porquê.






9 comentários:

  1. Essa capa já é uma preparação para o leitor saber o que vai enfrentar rsrs
    Eu gostei da trama, apesar do clichê ( quem não gosta?). Senti que tem uma conexão com o casal.
    Se lendo a resenha eu fiquei o tempo todo pensando no Brody, imagina quando ler o livro de fato *-*
    Obg pela indicação, Ana!

    ResponderExcluir
  2. Ana!
    Você faz como eu quando maridão vê uma capa bem sensual...Tô nem aí...kkkkkk
    Já sabe que amo os livros eróticos e quanto mais melhor.
    Brody parece aquele garanhão e acaba caindo nas teias de Delilah. E que garota cabeça feita, né? Mas ainda assim não resistiu...também, quem resistiria?
    Desejo uma ótima semana!
    “Como eu não tenho o dom de ler pensamentos, eu me preocupo somente em ser amigo e não saber quem é inimigo. Pois assim, eu consigo apertar a mão de quem me odeia e ajudar a quem não faria por mim o mesmo.” (Desconhecido)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE JUNHO 3 livros, 3 ganhadores, participem.
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi Ana ;)
    Estou doida pra ler esse livro, e que capa é essa Jesus *-*
    Que legal que você gostou tanto que releu o livro... acho que vou amar o Brody também!
    Um livro com uma história divertida assim, e com personagens carismáticos, não tem como não gostar! Vou tentar o mais rápido possível ler!
    Bjos

    ResponderExcluir
  4. Ana tõ suspirando aqui com esse jogador!
    Com toda ctz os maridos são iguais... kkkk o meu fla pra parar de ler esses livros... eu digo...só pq vc quer meu filho! Eu leio com gosto!! kkkkkkkkkkkkkk
    Qro ler com toda ctz!!
    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Eita, só eu que já começo a babar só de olhar essas capas maravilhosas? Fala com seu marido pra não ter ciúmes, porque o personagem não vai pular da capa, por mais que a gente quisesse kkkkkkk
    Amo mesmo essas histórias de faculdades, de jogadores e tudo que vem junto. Me lembrou a série Amores Improváveis, por isso que já salvei aqui, porque imagino que a leitura vai ser maravilhosa :) Além de vir com um erotismo que deixa a gente querendo um jogador desses kkk
    Obrigada pela dica, abraços!

    ResponderExcluir
  6. Olá,
    Essa capa e uma forma de mostrar para nós leitores o que esta sendo aguardando na trama. Realmente se estivesse lendo esse livro, meu namorado ficaria me olhando com cara feia, kkkk mas leria mesmo assim, quem não se apaixonaria por um personagem literario, eu já tenho varios Crush literario...
    A premissa e muito boa, tem uma historia bem romantica e clichê e cenas hot, a personagem tem uma personalidade bem unica e realmente parece haver ter medo do amor mas com certeza mudará, as vezes a aparencia não é tudo, sempre há um passado disso tudo.

    ResponderExcluir
  7. Olá, ANA.
    Eu superei muito lendo este livro, o que mim chamou atenção foi esta capa meu jeuiz que capa mara. Aqui o prolema não e marido e sim minha mãe quando ela ver já começa a olha torta hahaha si mim importo nem um pouco kkkkkkkkkk.
    Esse foi meu primeiro contando com a autora achei a escrita dela super envolvente, não consegui lar dele por nem um segundo a construção dos personagem que ela fez foi muita boa. teve horas que queria da na cara do chefe da Dalilah o cara chato e machista. amei foi uma das melhores leituras do ano até agora

    ResponderExcluir
  8. Super indico, livro maravilhoso, adorei a resenha, vocês do Malucas arrasam sempre <3

    ResponderExcluir
  9. Acredito que se eu chegar na minha casa com uma capa desta com certeza vai ter discussão (risos), mas enfim romance erótico não e um gênero que costumo ler, porém este livro me chamou bastante a atenção, primeiro pelas características clichês que tanto gosto, no entanto a autora foi bastante esperta em colocar varias revira voltas na trama, o que deixou a leitura mais cativante. Quem sabe tomo coragem e adquiro meu exemplar.


    Participe do TOP COMENTARISTA de Julho, para participar e concorrer aos livros "O Casal que mora ao lado" e "Paris para um e outros contos".
    http://petalasdeliberdade.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir