Resenha: Inversos - Série Clichê #2 - Carol Dias

Título: Inversos - Série Cliche #2
Autora: Carol Dias
Editora: Ler Editorial
Páginas: 214
Compre: Aqui



Como assistente pessoal de Carter Manning, Bruna sabia exatamente o que esperar do cantor: música, mulheres e um pouco de (muita) arrogância. Seria preciso uma interferência do universo para que ele se mostrasse alguém descente. E não é que o universo resolveu agir?!As pequenas, Sam e Soph, serão a prova final de Carter, para mostrar que mesmo o cara mais idiota, possui algo além de uma camada de egocentrismo.















Carol Dias é uma autora que estou há tempos querendo ler. Quando o livro me foi sugerido para resenha, não tive duvidas e pedi para resenha. Será que fui com muita sede ao pote com esse livro? Acho que sim, vou contar para vocês o que achei dessa história.

"Carter é uma estrelinha dourada. Com pessoas para solucionar absolutamente todos os problemas que possam aparecer, ele só precisa desfrutar de sua vida. É o tipo de pessoa que só vai acordar para a realidade quando levar um belo tapa da vida."

Inversos é o segundo livro da série Clichê, da autora Carol Dias, publicado pela Ler Editorial. Cada livro da série conta a história de um casal, então pode ler esse livro sem ter lido o primeiro. Eu não li o primeiro e em nenhum momento fiquei perdida. Essa resenha também não contém nenhum spoiler do primeiro livro.

O livro conta a história de Bruna que é assistente pessoal de Carter Manning, cantor de sucesso, mimado, que tem o rei da barriga e que também é conhecido como Rei do Camarote. Bruna é uma espécie de faz tudo desse cantor ela controla toda sua agenda, e faz de tudo um pouco para que a vida de Carter seja esse mar de rosa. Até que um certo dia além de ser babá de Carter, ela será também babá de Sophia e Samantha, as gêmeas de 3 anos que são deixada na porta de Carter. Ele já abusa de Bruna sem ser pai, agora ele vai deixar essas duas fofuras por conta também de Bruna. Até quando ela vai aguentar fazer tudo por Carter? Isso é que vamos esperar nesse livro, a hora do basta, a hora que ela vai jogar tudo pro alto. E é aí que comecei a me decepcionar com essa história.


Carter foi o mocinho que foi antipatia a primeira vista e com o passar da leitura eu juro que tentei ver algo bom nele, só que simplesmente ele não tem. Ele faz Bruna de seu capacho, não ta nem aí para gêmeas e pior, parece que não quer mudar. Ele não me convenceu quando enfim se declarou para Bruna, que aliás era só ele falar manso para ela perdoar. Carter foi para minha lista de mocinhos mais odiados.

"Ele tem dias que é um babaca e dias em que é um amorzinho. Se o seu ídolo for o Carter, os dias em que queremos matá-lo são maioria, vale avisar."

Bruna ela é firme no trabalho dela, mas em questão de Carter ela deixa ele fazer tudo que ele quer. O cara pega todas as babás que ela arranja, deixa as filhas com ela como se fosse o dever dela e ela fica pensando em não estragar a carreira dele, sério? Em uma das partes as crianças precisaram de ajuda e ela ficou pensando nisso. Nessa hora que minha estima por esse casal ( se alguma vez tive alguma) foi por água abaixo. Não deu mesmo para engolir nenhum dos dois.



Dos personagem secundários meu destaque vai para as crianças gêmeas Sophia e Samantha que foram a fofura do livro. Meu único porém foi algumas coisas que aconteceram com elas que ficaram pela metade. Não vou falar para não dar spoiler, mas gostaria de saber algumas coisas em relação a elas.

"A gente só.. Se encaixa. E isso é uma droga, porque eu gostaria de me encaixar com um outro cara que não fosse meu chefe, um babaca ou um mulherengo. Carter é as três coisas ao mesmo tempo e eu simplesmente não vou ser a próxima a deixar essa turnê porque não consegue se controlar perto dele."

A capa do livro segue a mesma linha do primeiro livro da série o que acho bem fofa. A fonte das letras está grande, então as mais ceguetas vão amar.  O livro é contando por Bruna e Carter, sendo que em sua maioria por Bruna.

Inversos foi uma leitura rápida, mesmo eu tendo uma certa implicância pelos personagens. Foram 200 páginas que li em somente dois dias. A autora tem uma escrita fluída e por diversas vezes dei gargalhadas lendo. Não nego que no começo do livro pensei que o livro seria muito bom, pena que não consegui me conectar com os personagens. Inversos é um livro mediano, mas que tinha um potencial de ser o melhor chick-lit brasileiro.

"Esse sentimento estranho, que Carter e eu compartilhamos, mas que nos recusávamos a nomear. O estar apaixonados que não queria admitir. O cuidado extra que tínhamos um com outro. É sentir-se em casa apenas quando estamos juntos, seja que que cidade ou país estivermos."

Inversos é aquela leitura para você ler depois daquela ressaca literária. Indico para quem adora o bom e velho clichê. Leiam e depois me digam se gostaram. O casal aqui não me conquistou, mas quem sabe com vocês não será diferente?






14 comentários:

  1. Oi Ana!!!
    Eu já tinha visto esse primeiro livro mas não li nada a respeito, mas sobre esse segundo eu gostaria de conhecer porque já me simpatizei com a Bruna mas achei ela bem bobinha coitada ela é a faz tudo, a leitura me pareceu bem leve.
    Abraços!!!

    ResponderExcluir
  2. Ana!
    Gosto de chick-lits, mas é triste mesmo quando não conseguimos nos conectar coma as personagens, o enredo parece que não rende tudo aquilo que deveria, né?
    Bruna parece ser uma protagonista um tanto ingênua, mesmo que impulsiva e poder acompanhar o drama do livro, mesmo com suas ressalvas, seria bem interessante.
    Desejo um mês cheio de prosperidade!
    “A sabedoria consiste em compreender que o tempo dedicado ao trabalho nunca é perdido.” (Ralph Waldo Emerson)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE JUNHO 3 livros, 3 ganhadores, participem.
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Só veio na mente que série era essa quando vi a capa do primeiro livro. Vi muitas resenhas e os leitores até que gostaram, em sua maioria.
    Quando li o sobrenome do personagem (Manning), logo me veio a série Rosemary Beach, em que uns irmãos também têm o mesmo nome, aí fiquei curiosa pra saber que tipo de história esse livro se referia.
    Eu gosto de séries que contam a história de cada casal, mas gosto mais ainda quando eles estão interligados e temos um pouco de como o casal ficou no segundo livro. Uma pena que esse não seja assim :/
    Sei quando um casal não funciona, já tive leituras assim. Parece que a leitura tá errada ne? Não conseguimos nos conectar e o casal simplesmente não é um casal. Isso é mesmo uma droga ! Mas a gente acaba superando kkkk
    A capa é mesmo linda !! Obrigada pela resenha, beijos.

    ResponderExcluir
  4. Boa tarde!
    Guardei a dica de livro para quando estiver sem conseguir ler nada, numa ressaca das brabas. Parece ser super divertido e leve. Uma pena o casal principal não ter vingado, talvez o problema seja o Carter. Enfim, gostei da imparcialidade da resenha.
    Abraços!

    ResponderExcluir
  5. Já tinha visto falar, mas essa é a primeira resenha que leio. Adorei tanto a capa desse segundo como a do primeiro.Ele é uma leitura rapida, e me chamou a atenção saber que voce deu muitas risadas e isso é sempre bom, espero que ao contrario de voce o casal me conquiste.

    ResponderExcluir
  6. Oi Ana ^^
    Eu nem li o livro e já não desse Carter. Que sujeitinho esse ein. Além desses velhos clichês sem muito desenvolvimento que não me convencem. Enfim, não curti a história nem os personagens :/

    Bjus

    ResponderExcluir
  7. Que resenha! Amei tou louca por esse livro é série ❤ amei o blog
    aleituramagica.wordpress.com

    ResponderExcluir
  8. Oi Ana ;)
    Adoro conhecer novas autoras nacionais, mas pelo visto esse ai não vou gostar não ;/
    Meio que me lembrou um livro que eu adoro, Lead, mas o protagonista desse é maravilhoso e se redime muito!
    Pelo visto só lerei esse ai se não tiver nenhum outro pra curar a ressaca literária kkk
    Bjos

    ResponderExcluir
  9. Olá! Eu conhecia apenas o primeiro livro, mas ainda não li, não sabia que tinha esse outro já, preciso correr pra alcançar.
    Desde que comecei acompanhar sobre as obras da autora eu tenho mta vontade de conhecer a escrita e os livros, que já ouvi mto bem sobre as histórias, espero conseguir ler em breve.
    Bjs

    ResponderExcluir
  10. Oi Ana,
    Inversos tem uma premissa que tinha tudo para dar certo, mas parece que a autora não soube aproveitar isso. Uma mocinha que cai de amores por um babaca não é nenhum novidade e nem algo que acho ruim, mas me incomoda é ver a protagonista não se impondo e deixando que os outros abusem de sua boa vontade. Bruna pode até ser uma excelente profissional, mas sua convivência com o Carter deveria ter despertado garra e determinação pessoal nela, mas, aparentemente isso não acontece. Não conhecia estes livros nem a autora, as capas são bem bonitinhas, mas a trama não me convenceu.

    ResponderExcluir
  11. Oi!
    Já conhecia esse livro, e assim que li a sinopse fiquei bem interessada nessa historia, mas lendo a resenha deu para ver que a historia e totalmente diferente do que imaginava, pensei que teríamos uma mocinha mais forte em relação de suas atitudes com o Carter e pensei que o mocinho teria que ralar muito para conquistar a Bruna, por isso lendo a resenha acabei me decepcionando com a historia !!

    ResponderExcluir
  12. Oi!
    Já tinha visto esse livro antes e quando li a sinopse dele fiquei interessada, mas lendo a resenha esse livro me decepcionou, pensei que a Bruno irei ser mais firme com sua relação com o Carter e pensei que o Carter teria que ralar muito para conseguir conquistar a Bruna, por isso lendo a resenha e vendo que nada disso ocorre, acho que se fosse ler acabaria me irritando muito com os personagens !!

    ResponderExcluir
  13. Eu não conhecia esta autora Carol Dias, e nem os livros dessa série, mas após ler sua resenha fiquei bem curiosa em relação a história, e pretendo ler estes livros, gosto muito de livros de romance, mas não livros muito clichês, gosto de livros com histórias que me fazem rir também, então acho que irei gostar de ler este livro.

    ResponderExcluir
  14. Olá,
    Serie que o cara e assim no livro!? Eu logo de primeira ja nao gostei dele, porque cria personagem masculino assim, fazendo mulher de objeto. Realmente a premissa e muito boa mas só não gostei da personalidade do masculino e ela é muito besta, deveria fazer alguma coisa.

    ResponderExcluir