Resenha: Mentiras Como o Amor - Louisa Reid

Título: Mentiras Como o Amor
Autora: Louisa Reid
Editora: Novo Conceito
Páginas: 473
Compre: Aqui


Audrey sabe que sua mãe está certa quando tenta salvá-la de si mesma.
Ela sabe que tem sido injusta, por isso precisa, por seu irmão mais novo e por sua mãe, seguir em frente. Audrey tenta manter todos felizes. Juntos, eles estão em busca de dias melhores.
A mãe de Audrey, à sua maneira, tenta ajudar a filha a controlar a doença para que ela possa encontrar um recomeço seguro.
Então Audrey conhece Leo, mas ele torna a vida dela realmente complicada, pois essa amizade faz com que ela deseje ousar ser ela mesma, enfrentar a vida.
Agora, Audrey precisará decidir: cuidar de sua família especialmente de seu irmão ou continuar sonhando com a vida que tanto deseja?
Mentiras Como o Amor é deslumbrante e de partir o coração. É o novo romance de Louisa Reid, a autora aclamada de Corações Feridos





Sabe aquele livro que você enrola pra ler, porque sabe que vai sofrer lendo, e que quer preparar antes seu psicológico? Então, foi assim com Mentiras como O Amor. Já sabendo que seria um drama e que as lágrimas poderiam vir eu comecei a leitura. E já nas primeiras percebi que essa história ia ficar para sempre na minha memória.

"Estou escrevendo isso para que vocês saibam tudo sobre mim e sobre minha mãe, e também sobre o que é ser uma adolescente e a dificuldade que é viver assim. Deprimida. Não é todo mundo que entende. Por favor, deixem-nos mensagens para enfrentar esse momento."

Mentiras Como o Amor é um livro da autora Louisa Reid, publicado aqui no Brasil pela Editora Novo Conceito. Ele foi lançado primeiro em e-book no ano passado e só lia resenhas maravilhosas. Quando ele foi lançado esse ano em físico e me foi oferecido para resenha, não tive dúvidas e pedi para resenhá-lo. Com essa capa linda já imaginava que ia me emocionar lendo, só não imagina que meu coração ficaria em pedaços.

Mentira Como o Amor começa com Audrey de mudança com sua mãe Lorraine e seu irmão Peter. Eles vão se mudar para Granja, ela é afastada da cidade e é bem assustadora. Audrey ela se acha diferente das demais meninas, logo no começo do livro fica entendido que ela se corta e pode ter uma doença mental. Perto da casa dela vive Leo que está morando com sua tia para se curar também de uma doença e também para fugir de pais opressores. Juntos eles vão construir uma linda amizade que vai fazer Audrey querer mais da vida, arriscar e ser mais ousada. Vamos embarcando junto com Audrey na história, perguntando se é real ou se é imaginação dela. E com o passar das páginas você vai pegar se perguntando exatamente isso e consequentemente teu coração vai torcer para que tudo seja somente sua imaginação.


Logo nas primeiras páginas me vi presa na leitura e larguei tudo o que tinha para fazer para terminar essa história. Queria saber o que ia acontecer com esse casal, mas principalmente com Audrey. Minha resenha pode ficar um pouco confusa, mas é porque estou com medo de soltar um grande spoiler. O que posso falar que a cada virada página você vai querer descobrir como isso vai terminar, quando sua angustia vai terminar e querer ter certeza que tudo vai ficar bem. Uma história que muitas vezes me vi gritando, chorando e até mesmo parando a leitura por não acreditar no que estava lendo. Esse livro me abalou e muito.

"Havia alguma coisa naquela garota; algo como que dizia Não me toque, não se atreva. Não machuque a mim nem ao meu irmão, ou você pagará caro por isso."

Audrey tem 16 anos e não é igual as outras meninas. Ela quer desesperadamente ser igual, ser normal. Só que ela tem um histórico de doença mental e também se mutila. Mesmo tendo esses problemas Audrey é uma filha carinhosa e uma irmã impecável. Audrey só quer se encaixar, só que antes ela vai ter que se desprender de suas amarras.



Leo vai ser aquele que vai fazer Audrey abrir os olhos e vai ser aquele que vai dar cor ao mundo de Audrey. A amizade deles vão crescendo até se tornar uma linda história de amor. Leo é aquele mocinho que é impossível você não se apaixonar. Ele também estava com problemas de se relacionar, mas quando Audrey chega um vai ajudar o outro, mesmo estando tão quebrados.

"Alguma coisa me dizia que eu precisava confiar em alguém, em algum momento. Mas como eu poderia ter certeza? Como saber em quem confiar?

Não poderia deixar de citar nessa resenha Peter o irmão de 5 anos de Audrey. Por ele Audrey vai fazer as coisas mais lindas, mas também vai se sacrificar . Foi lindo ver a relação de irmãos deles e é impossível não se emocionar. Juntos eles vão dar aquele toque de drama na história, mas também aquele toque de amor puro que só os irmãos tem.

O livro tem 436 páginas que passaram voando. Não é mentira, peguei para ler um capítulo e não sosseguei até ler ele todo.  A cada página me via presa querendo saber o que ia acontecer no próximo capítulo. Terminei querendo indicar esse livro a todos e fazer o máximo de leitores ler esse livro maravilhoso. Uma história tocante, que você vai te deixar aos prantos ou com o choro preso na garganta. Até agora to pensando na história e precisando desesperadamente de um ombro amigo me dizendo que vai ter um segundo livro. Eu preciso de uma continuação dessa história.


A capa foi o que desde do começo me chamou a atenção na história e foi o que me enganou direitinho. Pensei que seria um drama mais leve, mais foi um drama que se fincou na minha alma, que não sai da minha cabeça e que deixou meu coração em pedaços.  O livro é contado em primeira pessoa por Audrey e em segunda pessoa por Leo. É nas partes de Audrey que você vai se emocionar, chorar, xingar e querer entrar no livro para dar colo para essa protagonista que tão cedo não vai sair da sua mente. Os capítulos são intercalados e como só dois contam a história você já termina um já querendo saber o que o outro está pensando. A autora tem uma escrita que te cativa e que te faz parar pra pensar. Uma linda história de amor, uma linda história de que vou levara pra toda vida.

"Havia comprimidos para tudo. Para tudo, exceto um comprimido para que eu pudesse ser livre."

Indico Mentiras Como o Amor para quem gostou do livro Tudo e Todas as Coisas, mais com muito mais drama e me arrisco a dizer com muito mais alma na história. Um livro que vai fazer você sentir um misto de sentimentos e que muitas vezes você vai se pegar arrasada por Audrey. Se gosta de se angustiar lendo, se gosta de sentir, se gosta das emoções a flor da pele lendo, esse é o livro. Com toda certeza uma das minhas melhores leituras do ano. Novo Conceito acertou em cheio nessa publicação e você que é Maluca por Romances não pode deixar de conferir.







15 comentários:

  1. Oi Ana ;)
    Já conhecia o livro pelo skoob, e tinha visto umas resenhas positivas. E é tão bom quando um livro faz a gente ficar assim, quando começamos a leitura e não conseguimos parar até ler ele todo!
    O livro parece muito tocante e parece despertar muitos sentimentos, acho que vou gostar da Audrey. Amei Tudo e Todas as Coisas, e como adoro um bom drama, gostei da sua indicação!
    Bjos

    ResponderExcluir
  2. Fiquei com o coração partido ao saber mais da vida dessa personagem. Eu não conhecia o livro e foi a primeira vez que tive contato com ele, sua resenha fez passar que ele é emocionante e faz a gente pensar em tantas coisas da vida. Que bom que foi uma leitura tão boa ! Fiquei bem curiosa pra saber o destino desses personagens. Abraços

    ResponderExcluir
  3. Nossa Ana!
    Como deve ser um livro doloroso, porque uma pessoa que se mutila, deve ter o estado psicológico bem abalado e deve mesmo fazer tratamento.
    E como é bom ver que o amor de alguma forma pode curar e melhorar o ser humano.
    Gostaria de poder ler.
    “Como eu não tenho o dom de ler pensamentos, eu me preocupo somente em ser amigo e não saber quem é inimigo. Pois assim, eu consigo apertar a mão de quem me odeia e ajudar a quem não faria por mim o mesmo.” (Desconhecido)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE JUNHO 3 livros, 3 ganhadores, participem.
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Olá,
    Quando vi a capa eu logo me apaixonei e o titulo realmente é lindo mas quando você ver a historia, do que se trata e como se quebrasse seu coração todinha, alguns pode ser historias lindas outras bem triste. Já essa por a capa ser maravilhosa, tem um historia de historia triste. A trama e bem envolvente,triste e maravilhosa, a personagem tem uma personalidade bem diferente e com certeza esse livro irá me fazer me identificar com ela. Eu já quero comprar!

    ResponderExcluir
  5. Nossa Ana
    estou já chorando com a resenha imagina lendo este livro.
    adoro quando o livro te faz pensa e passa uma mensagem tão linda, livro que fazem o corarão fica em pedaços são um dos meus favoritos.
    Achei a capa linda ( sou aquelas doidas que ama o livro pela capa e compra ele por este mesmo motivo ). Essa já vai entra na lista .

    ResponderExcluir
  6. Que lindo Ana, adorei a resenha, o enredo me prendeu dmais, preciso conhecer esse livro, eu ainda não li Tudo e todas as coisas...
    Bjs

    ResponderExcluir
  7. Quanta emoção, Ana *-*
    É tão incrível quando um livro faz isso com a gente. Eu vi várias resenhas falando bem do livro, que destroçada coração mesmo.
    Eu li Tudo e Todas as Coisas e adorei, se esse livro supera, então vou amar com certeza.
    Não vejo a hora de conhecer a história da Audrey e do drama que foi a vida dela.

    ResponderExcluir
  8. Que livro incrível, e posso dizer que esta capa não expressar nem a metade do que a estória tende a nos passar. Não imaginava que seria um drama tão intenso ao ponto de não sair das nossas cabeças, e que nos envolvesse a leitura de tal forma. Enfim, me surpreendi com sua resenha e é claro já quero um exemplar deste livro.

    Participe do TOP COMENTARISTA de Julho, para participar e concorrer aos livros "O Casal que mora ao lado" e "Paris para um e outros contos".
    http://petalasdeliberdade.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Oi Ana,
    As vezes eu também tento me preparar psicologicamente antes de ler um livro, mas quando a história é emocionante não tem preparo que chegue a tempo. Ser uma adolescente e ter problemas psicológicos, com certeza, não é fácil. O que mais me chama atenção sobre Audrey é que ela são se vitimiza e não culpa ninguém, claro que posso estar enganada já que não li o livro, mas ela me parece ser uma personagem, que mesmo com todas as dificuldades, é carinhosa e doce. Ela pode não saber no início, mas Leo era tudo que ela precisava para superar as dificuldades e ter um pouco da normalidade que ela tanto quer. Pela capa eu jamais imaginaria uma trama tão concentrada e emocionante. Adorei esta indicação.

    ResponderExcluir
  10. Uau! Pela capa do livro pensei que fosse um romancezinho cliche! Mas pela resenha o livro é um drama surpreendente, acho legal esse tipo de drama, que faz a gente pensar se tudo é real ou não, que prende a gente! Gostei bastante da resenha, fiquei curiosa para ler!

    ResponderExcluir
  11. Adorei a sua resenha, quando vi a capa não chamou muito a atenção pensei que seria apenas um romance, mas pela sua resenha ja sei que não é só isso.O que mais gostei de saber é que ele traz muito sentimentos para o leitor e espero que quando eu leia eu goste dele tanto quanto voce gostou.

    ResponderExcluir
  12. Nossa, essa é a primeira resenha que leio desse livro, ele já tinha me chamado a atenção pela capa, não espera que fosse um drama tão intenso assim, agora fiquei ainda mais curiosa em conferi essa história.

    ResponderExcluir
  13. Olá!
    Estou super interessada em ler esse livro!
    A capa não é muito bonita, mas a premissa é ótima!
    Beijos

    ResponderExcluir
  14. Oi, Ana!!
    Amei a resenha e achei maravilhosa sua resenha!! Quero muito ler essa estória incrível!!
    Beijoss

    ResponderExcluir