Resenha: Delícia, Delícia - Cupcake Club #1 - Donna Kauffman

Título: Delícia, Delícia - Cupcake Club #1
Autora: Donna Kauffman
Editora: Valentina
Páginas: 296
Compre: Aqui


Quando a extraordinária confeiteira Leilani Trusdale trocou a agitação de Nova York pela pacata e doce Ilha de Sugarberry, não esperava que seu passado a seguisse. Seu antigo chefe, Baxter Dunne, também conhecido como Chef Hot Cakes, o homem que ensinou a ela que o creme compensa, reaparece desejando filmar seu famoso programa de culinária. O problema é que ele escolheu filmar na Cakes by The Cup, a minúscula e aconchegante confeitaria de Leilani. Com seu olhar de brigadeiro de colher e aquele irresistível sotaque britânico -- que faz a moça babar e seu rosto corar como calda de cereja --, ele fez as fofocas de cozinha rolarem soltas.

Lani, lá no fundo, só deseja que algumas sejam deliciosamente verdadeiras... Os amigos estão convencidos de que o ex-chefe é o ingrediente que falta para a definitiva receita de felicidade dela. Porém, Baxter terá que botar a mão na massa se quiser tirar do forno um grande, verdadeiro, quentinho e saboroso amor. No Clube do Cupcake, cozinhar é apenas um detalhe. Entre altos papos e doces lambidas, amizades crescem como pão quentinho e a vida vai ficando, hummmm, mais saborosa. Mas quando é preciso decidir entre a vida que você sempre sonhou e o amor da sua vida, só as melhores amigas, as melhores receitas e uma caixa cheia de Red Velvets podem ajudar. É hora de praticar boloterapia!!!




Oie, gente! Hoje vou falar desse livro que a tempos queria ler. Esse livro é o primeiro livro que recebo de parceria com Editora Valentina e estava super ansiosa para começar a leitura. Com esse título bem sugestivo acho que fui com muita sede ao pote. Uma leitura que teve seus altos e baixos e vou tentar explicar aqui nessa resenha.

"Eu não estou bem sem você. Então fiz a única coisa que me restava fazer. Vim até aqui para descobrir como poderia ser a vida com você."

O livro começa com Leilani tendo que enfrentar seu passado. Seu antigo chefe Baxter Dunner está indo até a sua pequena cidade para gravar seu programa de culinária, mas além de invadir sua cidade, ele também vai invadir sua cozinha. Lani gosta de sua vida na cidade pequena e tudo vira de cabeça para baixo quando o Cheff Baxter chega e invade também seu coração. Lani sempre foi apaixonada por Baxter e com ele perto ela tem medo dessa paixão vim á tona. Juntos vão ter que cozinhar, mas juntos também vão ter que descobrir o que fazer com essa paixão que sentem.

Comecei o livro já sabendo que ia ser uma tortura ler tantos cupacakes lindos e gostosos e sem ter nenhum aqui para degustar. Resultado: eu comendo até os reboco da casa e querendo um gostinho desses cupacakes rsrs. Minha dispensa foi a falência e com certeza tive que ir na rua compra uns chocolates. Com certeza engordei uns quilinhos lendo, hehe.


Lani foi uma personagem que consegui gostar, mesmo achando ela um pouco tanto travada e com medo de viver esse amor. A toda hora ela fala porque não pode se apaixonar por Baxter, porque saiu de Nova York, porque tem que ficar perto do seu pai e etc.Toda hora ela quis dar uma justificativa e sempre foi as mesmas e acho que por causa disso a leitura ficou um pouco cansativa. Um livro que leria no máximo em 3 dias terminei em 7. Para uma blogueira atolada de livros isso não é legal rsrs.

"Baxter sempre fora louco por criar as combinações de sabores mais incríveis, as sobremesas mais gostosas e especiais.; Lani invocava esse sentimento. Desde que se conhecia por gente, aquela paixão sempre fora tudo e sua vida."

Baxter é um cheff especializado em doces e que vai fazer a pena a leitura. Achei ele super fofo e carinhoso. Ele sempre pensa no bem estar de Lani e sempre querendo fazendo o melhor para ela. Mesmo aparecendo algumas vezes para contar o seu lado da história no livro, gostaria um pouco mais de Baxter no livro dando seu ponto de vista, com certeza ele foi meu personagem favorito da história.



Falando de personagem favorito não posso deixar de citar os personagens secundários e uma senhora de idade que vai te conquistar. Alva é aquele velhinha fofinha, engraçada e que gosta de uma boa fofoca. Era impossível já não se pegar rindo na história quando essa velhinha simpática aparecia. Tem também o xerife, pai de Lani, que vai ficar por ali rondando a filha e também Charlote melhor amiga de Lani, que vai tentar dar conselhos a cabeça dura de Lani. Charlote é quem tenta abrir os olhos da amiga, e foi muito amiga viu? O menina teimosa essa Lani.

"Quero conhecer o seu mundo, Leilani, o seu novo mundo. Eu adorei te ter no meu. Sempre achei fantástico o jeito como você simplesmente entrou no único universo que já conheci e o transformou em algo completamente diferente."

Apesar de ter colocado uma cereja na resenha para avisar que é apimentado o livro tem poucas cenas de sexo. O começo do livro é com Lani cheio de dúvidas que cheguei até duvidar que alguma cena dessas um dia ia acontecer rsrs. Tem sim algumas cenas eróticas, mas nada muito exagerado.


A capa eu acho linda e foi o que me chamou atenção na leitura. A diagramação está linda da editora Valentina, a cada capítulo tem umas letras com desenhos bem fofas e as folhas são brancas o que pode ser problemas para alguns leitores. O livro é escrito em terceira pessoa por Baxter e Lani, nos dando o ponto de vista de cada personagem. No final tem as receitas de cupcakes que com certeza você vai querer fazer, eu já quero testar todas elas. O livro é uma série, mesmo achando a história em alguns pontos arrastadas quero conferir o próximo livro e poder comparar com o primeiro.

"Queria conhecê-la, descobrir cada detalhe dela, explorar todas as suas profundezas. Quanto mais apreendia, e mais via, mais sentia."

Delícia, delícia é aquele livro para você que gosta de cozinha, gosta de doces e um romance água com açúcar. Aquele romance que você vai ler depois de uma ressaca literária e ler aos poucos cada capítulo e vai querer degustar de um cupcake quando estiver lendo. Poderia ser melhor, mas foi uma leitura que me entreteve e não sosseguei até terminar para saber como o Baxter e Lani ia fazer para poder ficarem juntos. Um romance clichê que indico pra você que é Malucas por Romances.







6 comentários:

  1. Esse livro já faz tempo que quero ler!
    Adoro livros de romances leves e clichês, tenho certeza que vou gostar!
    Confesso que não sabia que esse livro tinha cenas picantes, agora sim voi ler bem em breve!
    Beijosss.

    ResponderExcluir
  2. Amo esses romances água com açúcar,admito que as vezes da vontade de entrar no livro e sacudir a mocinha, pela resenha da pra perceber que é uma leitura cativante com personagens que prendem sua atenção, deixando a vontade de quero mais, Obrigada por mais uma resenha gostosa de ler e que deixa a gente com vontade de aumentar a lista de leituras.

    ResponderExcluir
  3. Eu entendo porque você foi com tanta vontade na leitura, a sinopse é deliciosa de ler e chama a atenção, além de prometer um romance pra lá de sensual.
    Bem legal juntar romance com a cozinha, adoro conhecer como os diversos casais se conhecem e passam a conviver com a paixão que surge entre eles, esse livro parece ser bem divertido.
    Infelizmente, muitos livros trazem essas mocinhas receosas ao amor, meu último livro (romance de época) foi assim, e me dava uma vontade de apertar o pescoço da personagem, mas acabei seguindo com a leitura.
    Achei a capa muito fofinha ! Ainda não vi ninguém mais falando dele, espero ver outras resenhas :) Beijos

    ResponderExcluir
  4. Oi Ana,
    Tenho certeza que seu visse este livro em uma livraria, iria pensar se tratar de um livro de receitas e, por isso, nem iria procurar saber a respeito (é, as vezes, julgo o livro pela capa). A típica cidade pequena americana, com personagens cativantes e comuns, é o cenário perfeito para um romance leve e fofo. Enquanto lia sua resenha não me saia da cabeça algumas séries de TV antiga e filmes de comédia romântica, pois Delícia Delícia tem esse "ar" de familiaridade que estou acostumada a encontrar em histórias assim. Lani me parece ser bem reservada e tem medo do que pode resultar de uma relação com Baxter. Acho que ela é uma personagem que terá muito a crescer durante o livro e Baxter pode ser o incentivo para que isto ocorra. Uma pena a história ter sido um pouco arrastada, pois a sinopse promete bem mais. Ainda não sei se lerei este livro, mas deixarei anotado para caso mude de ideia.

    ResponderExcluir
  5. Ana!
    Acompanhar um romance rodeado de cupcakes já é delicioso e ver os protagonistas com ideias tão antagônicas para o sucesso e ainda assim se gostarem, deve ser uma deliciosa leitura.
    Desejo uma semana de muita luz e paz!
    “Para cultivar a sabedoria, é preciso força interior. Sem crescimento interno, é difícil conquistar a autoconfiança e a coragem necessárias. Sem elas, nossa vida se complica. O impossível torna-se possível com a força de vontade.” (Dalai Lama)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE AGOSTO 3 livros, 3 ganhadores, participem.

    ResponderExcluir
  6. Pela resenha da para perceber que os personagens são cativantes e uma leitura que te prende e que não te deixa soltar até acabar. Acho que também vou ficar com fome lendo esse livro cheio de delicias – ai minha dispensa! Gostaria de saber mais sobre o livro e já adicionei na minha lista.
    Adorei essa capa fofinha ♥
    Ótima resenha, como sempre.
    Beijos.

    ResponderExcluir