Resenha: Slade - Série Novas Espécies - Livro #2 - Laurann Dohner

Título: Slade - Série Novas Espécies - Livro #2
Autora: Laurann Dohner
Editora: Universo dos livros
Páginas 352
Compre: Aqui


Durante um de seus turnos no Hospital Mercy, a doutora Trisha Norbit é encarregada de cuidar de um prisioneiro que acabou de ser resgatado dos laboratórios das Indústrias Mercile. Depois de tratado e sob efeito da medicação, 215 acorda repentinamente e tenta seduzir a médica. Apesar do perigo, ambos são envolvidos pelo desejo, mas são interrompidos pela equipe médica que intervém para salvá-la dos braços de Slade, o prisioneiro 215. Ao se reencontrarem – agora, em Homeland –, Slade não a reconhece e, quando descobre que a doutora Norbit é a mesma médica que o salvou na noite em que foi resgatado do laboratório de testes, e com quem ainda sonha frequentemente, Slade fica abalado, pois sabe que ela nunca lhe dará uma chance. A relação entre dois se torna ainda mais intensa quando a vida de Trisha está em perigo e agora, é ele quem deve salvá-la. Enquanto fogem para se salvar, o desejo se faz presente e não pode ser negado, no entanto, as consequências desse envolvimento transformará suas vidas e a vida das Novas Espécies para sempre.





Oie gente! Hoje vou falar de mais um livro dessa série que quanto mais leio, mais livros eu quero. Gosta de romances sobrenaturais, e também assim como eu se apaixonou pelo primeiro livro Fury? Então, você não pode deixar de conferir essa resenha.

"Ele é atraente demais. Veja esses lindos olhos e essa boca. Me pergunto como seria beijá-lo..."

Slade é o segundo livro da série Novas Espécies, da autora Laurann Dohner, publicado pela editora Universo dos Livros. Cada livro conta a história de um casal, mas é bom ler o anterior onde explica melhor o que são as novas espécies. O primeiro livro se chama Fury e quem quiser conferir a resenha é só clicar aqui. Essa resenha não contém spoiler do primeiro livro, então pode ler sem medo.

O livro começa com Slade sendo atendido no hospital um ano atrás. Lá ele conhece a doutora Trisha Norbit e fica enlouquecido por ela. Slade sente a tal atração fatal por Trisha, só que começa do jeito errado, atacando ela e a deixando com medo, mas ao mesmo tempo excitada com o perigo. Depois que se passa um ano Trisha manda seu currículo para Justice (ele que é o líder dos novas espécies ) , ela está querendo saber mais das novas espécies e querendo claro reencontrar Slade. Ele não se lembra de Trisha, mas Trisha se lembra de cada detalhe. Ela vai ser chamada para trabalhar na reserva das novas espécies e juntos os dois vão passar por bastante apuros. Slade gosta de Trisha, mas tem medo dela virar um alvo dos fanáticos que odeiam as novas espécies, com isso ele pode magoar bastante Trisha e o amor deles vai ser posto a prova.

E mais uma vez vou parecer suspeita aqui. Gente do ceú, que série é essa? Já nos primeiros capítulos você não consegue desgrudar do livro. São varias reviravoltas, cenas de brigas, mortes, sexo. Um livro eletrizante que você nunca sabe que o próximo capítulo te reserva. Li o livro em menos de 24 horas e já querendo mais livros da autora. Com certeza Novas Espécies se tornou uma das minhas séries de romances sobrenaturais favoritas.

Slade é metade humano e a outra metade cachorro. Ele sente o cheiro de longe e também tem uma super audição que a maioria dos novas espécies tem. Slade usa o sarcasmo para irritar sua doutora, mas também usa o sarcasmo para se blindar do que está sentindo por Trisha.  Slade foi me conquistando pouco a pouco na leitura e no final me vi totalmente apaixonada por mais um personagem literário.

"Você é minha, doutora. Eu lutaria com qualquer um para ter você de volta, e mataria qualquer homem que encostasse em você."

Trisha é a médica que trabalha com os humanos em Homeland onde os novas espécies vivem. Ela quer saber se os novas espécies podem se reproduzir, e o que posso adiantar para que se preparem para novas descobertas dos novas espécies. Ela foi uma mocinha de fibra, que mesmo com medo enfrentou tudo com queixo erguido, até mesmo Slade. Essa mocinha não tem mimis e vai ser pau pra toda obra. Mais uma vez além de se apaixonar pelo mocinho, também me apaixono pela mocinha. Amo mocinhas fortes e Trisha vai ter que ser bem durona para estar junto com Slade.




Os personagens secundários dessa vez que teve destaque são os novas espécies masculinas. No primeiro a mocinha fez amizades com as mulheres novas espécies e nesse livro Trisha faz amizades com os homens. Conhecei mais alguns novas espécies e foi impossível não ri um pouco com Brass, Moon e Harley. Foram eles que divertiram Trisha e vai te fazer dar boas gargalhadas. Cada nova espécie que conheço já quero adotar e ler o livro já.

"É difícil querer muito alguma coisa quando aprendemos que qualquer coisa que valorizamos é tomada de nós."

No primeiro livro conhecemos mais do novas espécies e como estão fazendo para ficar bem com os humanos, nesse segundo livro percebi que muita água ainda tem pra rolar. Os fanáticos ainda odeiam os novas espécies e vão fazer de tudo para exterminá-los, até mesmo matar os humanos que tiverem junto com eles. A autora consegue nos prender a cada capítulo com cenas de ação e erotismo. Você não vai querer desgrudar os olhos do livro até terminar.


Tem ação, tem mortes, mas é claro que tem bastante romance também. Slade vai fazer algumas burradas no caminho, mas logo nas primeiras páginas vemos como esse casal é perfeito. A química entre eles é incrível e vai fazer o leitor torcer por esse casal a cada página. A autora fez uma história altamente sexy, então se preparem para a temperatura subir alguns graus quando tiverem lendo. Esse cachorro é sexy, por mais estranho que isso pode parecer (a louca).


A capa eu acho linda, tem tudo a ver com Slade e a série. O livro é contando em terceira pessoa com foco nos personagens principais. Tirei uma estrela por achar que o livro acabou do nada e tinha muita coisa pra acontecer com esse casal, ficou um enorme ponto de interrogação no final dessa história. Espero ver mais deles no próximo livro da série que se chama Valiant. O livro tem um nova espécie que odeia os humanos e é bastante hostil. Não vejo a hora de ler esse livro e ver o que mais vai acontecer com os novas espécies. De uma  coisa eu tenho certeza, ainda tem muita água pra rolar nessa série.

"A mulher em seus braços era sua vida... e sua morte. Ele faria qualquer coisa para estar com ela e mataria qualquer um que tentasse se colocar entre eles."

Indico Slade e a série para quem gosta de mocinhos guerreiros, leais e apaixonados. Uma história com todos os elementos de um romance sobrenatural para te deixar ligada do começo ao fim. Mais uma vez a autora consegui me surpreender nesse livro com capítulos quentes e também com a tensão de como os novas espécies vão conseguir sair ilesos dos fanáticos. Um livro que me conquistou nas primeiras páginas e que no final eu queria com certeza mais 100 páginas. Dando 4 estrelas com dor no coração, porque com certeza essa obra foi uma das minhas melhores leituras do ano.






10 comentários:

  1. Lendo a sinopse eu tive a sensação de que já tinha lido esses livros, mas fui pesquisar e vi que não, na verdade ja li um suuuper parecido com essa mesma história de cativeiro, de experimentos com humanos, além dos personagens também terem como nomes números. Ou seja, quase idêntico kkkkk
    Mas me interessei, porque lembro que tinha adorado os livros e imagino que esses também sejam muito bons. Salvei aqui para poder ler depois de terminar os que eu já tinha na lista, mas com certeza vou fazer a leitura dessa série em algum momento ;)
    Obrigada pela dica, abraços

    ResponderExcluir
  2. Oi Ana ;)
    Sempre quis começar essa série desde que uma amiga minha disse que se eu amei Irmandade da Adaga Negra ia amar a série Novas Espécies.
    Adoro livros com mocinhos guerreiros (e essa capa é linda demais!), então acho que vou amar os livros, ainda mais se tem ação e romance juntos *-*
    Vou ver se adianto na lista de leitura!
    Bjos

    ResponderExcluir
  3. Ana!
    Desde o primeiro livro que acho essa série bem intrigante, principalmente por causa das experiências que transformam os homens com poderes e por isso, seus sentimentos são exacerbados e extremos.
    Gosto de romances com reciravoltas, cria muita expectativa e não nos faz desgrudar das páginas.
    Boas festas juninas!!!!
    “O que importa afinal, viver ou saber que se está vivendo?” (Clarice Lispector)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE JUNHO 3 livros, 3 ganhadores, participem.
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Eu adoro a editora, eles sempre tem series maravilhosas, esse inclusive, ainda não li mas vejo resenha falando muito bem,alem de ter capas lindas.
    Amo personagem sarcasticos, e livros que tenham reviravoltas e lutas <3
    Com certeza vou ler sim e é uma ótima dica

    ResponderExcluir
  5. Adorei essa pegada de novas espécies!
    Adoro mocinhos fortes, guerreiros e leais também rsrs
    Adorei a Trisha e a personalidade dela.
    Com certeza pretendo ler essa série e me aventurar nesse mundo sobrenatural.

    ResponderExcluir
  6. Olá Ana!
    Tô instigada á ler essa série, tô completamente curiosa e ansiosa pra conhecer mais o enredo!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  7. Olá,
    Já tinha lido algumas resenhas dessa serie e vejo que ela e incrivel. E bem interessante a forma que a autora criou essa serie com fantasia na mistura de humanos. A trama e bem encantandora, te faz querer ler até o ultimo livro, a personagem tem uma personalidade unica e é bem determinada. Gostei muito!

    ResponderExcluir
  8. Eu já quero, gente que premissa e está eu nunca li romance sobrenatural mais sua resenha mim deixou animada para ler e com certeza vai ser com essa série de livros . A trama e bem envolvente e mim encantou.
    Ana já quem quantos Livros publicados ?

    bjs Aurora.

    ResponderExcluir
  9. Super ansiosa pra ler... ai deus me da mais dinheiro e tempo pra tantos livros bons <3

    ResponderExcluir