Resenha: O Sol Também é uma Estrela

Título: O Sol Também é uma Estrela
Autora: Nicola Yoon
Editora: Arqueiro
Páginas: 288
Compre aqui


Natasha: Sou uma garota que acredita na ciência e nos fatos. Não acredito na sorte. Nem no destino. Muito menos em sonhos que nunca se tornarão realidade. Não sou o tipo de garota que se apaixona perdidamente por um garoto bonito que encontra numa rua movimentada de Nova York. Não quando minha família está a 12 horas de ser deportada para a Jamaica. Apaixonar-me por ele não pode ser a minha história.
Daniel: Sou um bom filho e um bom aluno. Sempre estive à altura das grandes expectativas dos meus pais. Nunca me permiti ser o poeta. Nem o sonhador. Mas, quando a vi, esqueci de tudo isso. Há alguma coisa em Natasha que me faz pensar que o destino tem algo extraordinário reservado para nós dois.
O Universo: Cada momento de nossas vidas nos trouxe a este instante único. Há um milhão de futuros diante de nós. Qual deles se tornará realidade?






Oie gente! Hoje vou falar desse livro que li em um dia e que já estava indicando a todos os meus amigos até ler o final. Sim, o final me deixou meia decepcionada com essa história. Vou tentar contar nessa resenha como adorei essa história, mesmo ainda de mal com a autora pelo final.

"Fato Observável: a gente nunca deveria tentar a possibilidade remota. Melhora estudas as chances e tentar a possibilidade do provável. Mas, se a remota é a única, é preciso tentar."


O Sol Também é uma Estrela é o livro da autora Nicola Yoon, lançando pela Editora Arqueiro. Já li o outro livro dela que é Tudo e Todas as Coisas e tinha gostado bastante. Já com es expectativas lá em cima comecei a leitura e por quase todo o livro a autora conseguiu superar. Os finais dela são o que me pegam e fiquei torcendo o livro para um final que não veio.

O livro conta a história de Natasha e Daniel. Natasha é uma jamaicana que está para ser deportada dos E.U.A e vai fazer de tudo para conseguir reverter isso. Daniel um coreano que é um bom filho e está preste a fazer uma entrevista para ser aceito na Yale. O destino dos dois se cruzam e tudo entre eles vai acontecer em 1 dia. Os dois são muito diferentes, será que é o destino que os uniu? Essa pergunta que me fiz o livro inteiro. O destino também chega para dar a sua palavra. Um livro diferente de tudo que já li e que ainda estou tentando digerir essa história rsrs.

Natasha é uma garota que acredita na ciência, não em sorte e muito menos no amor. Sua família tem menos de 12 horas para deixar o país, mas ela não contava se apaixonar por Daniel. Natasha é da Jamaicana, negra e tem cabelos black uma mocinha forte e decidida.

"Somos capazes de grandes vidas. De uma grande história. Por que aceitar menos? Por que escolher a coisa prática, a coisa corriqueira? Nós nascemos para sonhar e fazer as coisas com as quias sonhamos."

Daniel é um bom filho e bom aluno. Ele sonha em ser poeta, mas seus pais querem que ele seja médico. Quando ele se apaixona por Natasha ela vai repensar isso e com ela vai ver que o destino tem algo maravilhoso para ele. Coreano e de cabelos longos ele é totalmente diferente de Natasha. Mas como diz um velho ditado: os opostos se atraem.


Confesso que peguei o livro não esperando muito e para minha surpresa não consegui largar o livro até terminar. Li o livro em um dia, não sosseguei até chegar o final. O livro tem capítulos curtos com narração de Daniel, Natasha e também de pessoas que vão passando pelo destino deles. Aprendi bastante coisa nesse livro, sobre cabelos, olhos e principalmente dos coreanos rsrs. Mesmo com esses detalhes o livro em nenhum momento foi chato ou parado. Um livro para você ler em uma sentada só rsrs.

"Em geral eu sou a favor de saber a verdade, mesmo que a verdade seja ruim. Não é o modo mais fácil de viver. Às vezes a verdade pode doer mais do que a gente espera."

Eu achei o livro lindo, perfeito até chegar as ultimas páginas. Calma, não vou falar do final, só estou meia desapontada com ele. Fiquei o livro todo esperando uma coisa e aconteceu outra e isso me deixou frustada. Ao terminar a leitura fiquei meia hora parada olhando pro nada querendo gritar com a autora com esse final. O que não posso negar é que me surpreendeu. Por está revoltada com esse final tirei uma estrela, mas se não fosse por isso seria 5 estrelas e favorito.

A capa está linda e ao final do livro tem o link para você ver como foi criada a capa. A diagramação e revisão como sempre perfeita da editora Arqueiro. Os capítulos são curtos o que torna leitura rápida e viciante.

"Dizemos a nós próprios que existem motivos para as coisas que acontecem. Mas, na verdade, só estamos contando histórias para nós mesmos. Inventando. Elas não significam nada."

O Sol também é uma Estrela foi um livro que eu amei, mas que o final ainda estou digerindo. Um livro que fala de destino, mas que também fala de ciências. Essas duas misturas foram perfeitas, mesmo sendo um o oposto do outro. Mesmo ainda chateada com o final não posso negar que esse livro é lindo, vai te fazer suspirar e torcer pra esse casal. Será que é destino ou é pura ciência? Leia esse livro e descubra!








6 comentários:

  1. Oi Ana Carolina!!!
    Então estou louca para ler esse livro, dizem que é uma linda historia mas agora finalizando com a sua resenha você não gostou do final eu já desanimei se for triste, agora tenho as minhas duvidas sobre ler ou não.
    Abraços!!!

    ResponderExcluir
  2. Oi Ana!
    A resenha ficou mto boa, parabéns.
    Qro ler esse livro desde q li a primeira resenha dle, enredo tá mto bacana, espero não demorar mto pra conseguir ler...
    Bjs!!

    ResponderExcluir
  3. Ana!
    Triste quando o final não é daquela forma que desejamos.
    Soube que a autora se baseou na própria história para escrever o romance, pois ela e Jamaicana e o esposo dela é coreano.
    Fiquei curiosa para ver onde vai dar toda esa diversidade linda!
    “A sabedoria dos homens é proporcional não à sua experiência mas à sua capacidade de adquirir experiência.” (George Bernard Shaw)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE MAIO 3 livros, 3 ganhadores, participem.
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Olá,
    Quando lançaram esse livro fiquei tão curiosa pela historia dele e que me fez querer ler, quando vi muitas resenhas sobre ele, fique maravilhada como as pessoas falam dele, então esse livro e uns dos que quero realmente ler.. Pena que o final e meio difícil agradar os leitores mais tenho certeza que a historia foi linda!

    ResponderExcluir
  5. Oi Ana,
    Não conheço a escrita de Nicola Yoon, mas tenho muito muita vontade de ler suas obras e não tenho dúvidas de que irei gostar. O livro trás muita diversidade em cultura e etnia e, isso, é raro em ver em livros, principalmente quando se trata dos protagonistas. Tasha e Daniel são pessoas tão diferentes que parece pouco provável que eles venham a desenvolver algum tipo de relação, mas acho que essa é a essência deste livro não é? Uma pena que o final não tenha sido satisfatório para você, mas ainda assim, acredito que esta história vale muito a pena ser lida.

    ResponderExcluir
  6. Me identifiquei muito quero ler ontem.

    ResponderExcluir