Resenha: Corte de Espinhos e Rosas #1 - Sarah J. Maas

Título: Corte de Espinhos e Rosas #1
Autora: Sarah J. Mass
Editora: Galera Record
Páginas: 434
Compre: Aqui 


Em Corte de Espinhos e Rosas, um misto de A Bela e A Fera e Game of Thrones, Sarah J. Maas cria um universo repleto de ação, intrigas e romance.
Depois de anos sendo escravizados pelas fadas, os humanos conseguiram se libertar e coexistem com os seres místicos. Cerca de cinco séculos após a guerra que definiu o futuro das espécies, Feyre, filha de um casal de mercadores, é forçada a se tornar uma caçadora para ajudar a família. Após matar um féerico transformada em lobo, uma criatura bestial surge exigindo uma reparação.

Arrastada para uma terra mágica e traiçoeira que ela só conhecia através de lendas , a jovem descobre que seu captor não é um animal, mas Tamlin, senhor da Corte Feérica da Primavera. À medida que ela descobre mais sobre este mundo onde a magia impera, seus sentimentos por Tamlin passam da mais pura hostilidade até uma paixão avassaladora. Enquanto isso, uma sinistra e antiga sombra avança sobre o mundo das fadas e Feyre deve provar seu amor para detê-la... Ou Tamlin e seu povo estarão condenados. 




Olá, leitores!
Hoje a resenha é para quem gosta de romance, fantasia e uma mocinha que é "fodástica". Desculpe o palavreado, mas não tem outra palavra para descrever essa personagem. Sei que muita gente já leu a série, mas se ainda não leu vem comigo nessa resenha que te conto os motivos para dar uma chance a esse livro.

"Precisamos de esperança tanto quanto precisamos de pão e carne."

Corte de Espinhos e Rosas é o primeiro livro da série Corte de Espinhos e Rosas, da autora Sarah J. Maas, publicado pela Galera Record. Já queria a muito tempo ler esse livro, mas só que fez tanto sucesso que fui perdendo o tesão na leitura e deixando sempre para depois. Comprei o livro em uma promoção e comecei a ler porque era o desafio do mês no grupo, que era ler um livro comprado recente. E ainda bem que escolhi Corte de Espinhos e Rosas.



O livro começa com Feyre em mais uma caçada para alimentar sua família no inverno. Eles são pobres e contam com essa caçada de Feyre. Já sem esperanças e com muita fome na floresta, Feyre avista um lobo e consegue levar sua pele e mais a carne que ela tanto precisava. Feyre só não contava que o lobo era um féerico, e que para viver e salvar sua família vai ter que morar com um deles. Lá nessa sua nova vida ela conhece Tamlin, um grã senhor que tem muitos mistérios e que pode ser diferente de tudo que ela já pensou.

Que livro foi esse gente? Não esperava me apaixonar tanto pela história, até porque o começo foi bem devagar. Quando eu falo devagar foram uns detalhes que a autora contou sem necessidade e uma enrolação básica até chegar as reviravoltas do livro.

Lá pela página 250 do livro já estava pensando que tinha jogado dinheiro e tempo no lixo, mas aí e que a autora solta as tretas e revelações tudo de uma vez, e vai fazer o leitor ficar ligado a cada página.

"Melhor morrer com a cabeça erguida a morrer como um verme, encolhida e covarde."

Feyre é uma mocinha que vai se tornar uma de suas favoritas. Mesmo sendo humana ela não tem medo de nada e chama a responsabilidade para si. Feyre é aquele tipo de mocinha que não podem falar para ela não vai ali, não faz isso que ela vai lá e faz. Eita mocinha porreta.

Na parte dos imortais temos os féericos e outros seres que vão aparecendo e sendo explicado quem é quem no começo dessa história. O personagem imortal que teve bastante destaque foi Tanlim que vai abrigar Feyre quando sair de casa. Sim, vai ter romance e algumas cenas mais quentes, então fiquem ligados nesse casal e outros seres que aparecem por aí.

Não quero dar spoiler então não contarei muito dos personagens que vão aparecendo, é provável que você já sabe de quem eu estou falando, mas se ainda não sabe não quero estragar essa surpresa para você.

A capa eu achei linda e tem rosas em relevo, o que tem tudo a ver com a história. O livro é escrito em primeira pessoa pelo ponto de vista de Freyre e vamos descobrindo todo o mistério junto com a personagem. O livro não tem cenas eróticas, mas sim algumas cenas quentes, então indico para maiores de 16 anos.



Chegando ao final eu fiquei louca pelo segundo livro. Não imaginava gostar tanto, agora estou indicando para todas as Malucas e não me cansando de dizer que Corte de Espinhos e Rosas virou uma das minhas fantasias favoritas.


Indico Corte de Espinhos e Rosas para quem quer ler uma fantasia com romance, mistério, tretas e reviravoltas. Ainda bem que não larguei o livro no começo, agora só quero saber o que será de Feyre e os féericos no próximo livro. Se quer dar uma chance para livros de fantasia, esse livro é pra você Malucas por Romances

 
.

Um comentário:

  1. Tô tentando achar uma série de fantasia que seja melhor que essa e estou falhando miseravelmente! Na verdade, entrou na lista de preferidos da vida. Que história!! O segundo livro então, roubou meu coração. Em nenhum momento senti que a história tava chata ou que deveria ser diferente, é incrível como depois tudo se encaixa. Sinto muito saudades desse mundo, Sarah tá de parabéns!!

    ResponderExcluir